Sesc Belenzinho apresenta espetáculo solo com a bailarina Thiane Nascimento

Dias 5 e 6 de outubro, sexta e sábado, a bailarina Thiane Nascimento apresenta o solo Posição de Armazenamento no Sesc Belenzinho, às 20 horas. O espetáculo tem como proposta articular de modo irônico e crítico as relações entre corpo e gênero.

Posição de Armazenamento tem como ponto de partida os termos sexistas que relacionam a mulher a um animal cuja carne serve de alimento diário para diversos povos, cujo corpo é utilizado em rituais religiosos, que bota ovos não fecundados todos os dias e não pode voar. A fertilidade e infertilidade, potencial de voo e a incapacidade de decolar, o sagrado e o profano servem como exploração de uma qualidade corporal precária e instável.

A obra surgiu em 2013 durante uma residência artística em Lisboa, onde Thiane Nascimento pôde experimentar a fronteira entre bicho e humano em uma granja. No ano de 2016, a autora compartilhou parte do processo de criação e os procedimentos corporais desse corpo instável em uma penitenciaria feminina, em São Paulo, e em uma mini residência na Oficina Cultural Oswald de Andrade. Em 2017, a peça participou da mostra de solos em processos no espaço Kasulo. Desde então, o que existe sobre o espetáculo é um arsenal dramatúrgico sendo formatado no espetáculo.

Thiane Nascimento

É artista da dança, performer e educadora. Integrou a FIA – Formação Intensiva Artística do CEM, em Lisboa, Portugal, e colaborou como bailarina para pesquisas de artistas residentes como Natalia Burgueño (Uruguai), Sara Jaleco (Coimbra) e Valentina Parravicini (Itália). Ainda em Lisboa, ela participou da residência artística CENTA e do Festival Pedras com a intervenção Variações Sobre o Corpo. Em São Paulo, realizou os solos de dança contemporânea: Sob o Olhar do Vento, com direção de Leticia Sekito e direção musical de Manuel Pessoa; Simultaneidades, com orientação de Sofia Neupart (Lisboa); e Estudo Interrompido (pela residência Lugares Nômades). Trabalhou com a bailarina Vera Sala em Pequenos Fragmentos de Mortes Invisíveis (instalação coreográfica) e Descontinuidades. Atualmente, integra o Ghawazee Coletivo de Ação, formado por mulheres, que atua em ação transdisciplinar.

Ficha Técnica

Autoria: Thiane Nascimento.
Concepção e direção: Thiane Nascimento.
Criação de Luz, operação e montagem: Camille Laurent.
Design de som: Manuel Lima Pessoa.

Crédito da foto: Rafo Olvides

Serviço

Posição de Armazenamento
Thiane Nascimento
Dias 05 e 06 de outubro de 2018
Sexta e sábado, às 20h
Local: Sesc Belenzinho – Sala de Espetáculos II
Rua Padre Adelino, 1000 – Belenzinho, São Paulo – SP
Ingressos: R$ 20,00 (inteira); 10,00 (aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e servidor da escola pública com comprovante) e R$ 6,00 (credencial plena do Sesc: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciado no Sesc e dependentes).
Informações: (11) 2076-9700
Classificação: 18 anos
Duração: 1h30.

Deixe uma resposta