III Congresso Brasileiro de Dança Moderna

Realizado de 29 de maio a 02 de junho, na cidade do Rio de Janeiro, o III Congresso de Dança Moderna oferece, pela 1ª vez no Brasil, uma viagem para bailarinos dançarem em NY, com tudo pago.

Há 2 anos, começava um movimento inédito em prol da dança moderna no Rio de Janeiro: um Congresso Brasileiro de Dança Moderna. Workshops, palestras e debates. 3 diferentes técnicas originadas nos Estados Unidos sendo ensinadas aqui – Horton, Graham e Limón. Tudo para fornecer competência e habilidade diferenciada para os brasileiros que não têm oportunidade de pagar uma viagem para se qualificar. O evento cresceu, e este ano traz mais novidades, com o objetivo de atingir cada vez mais alunos e bailarinos. Guardem a data: será de 29 de maio a 02 de junho, no Centro Coreográfico do Rio de Janeiro.

O Congresso está trazendo mais uma oportunidade inédita aos brasileiros: além dos renomados professores de NY que vêm para ensinar, o evento também vai levar os bailarinos até lá. Isso mesmo. Através de um concurso, o I Prêmio Dança Moderna, 3 alunos que mais se destacarem durante o Congresso, terão a chance de enbarcar para Nova York, com tudo pago, e fazer aulas nas escolas Alvin Ailey, Martha Graham e Limón Institute. Para isso, deverão estar matriculados e frequentar 5 dias de aula de qualquer uma das técnicas (Horton, Limón, Graham). O prêmio, que pode ser considerado o mais completo concedido por um evento de dança no Brasil, tem um valor estimado em R$10.000,00 e cobrirá as passagens aéreas, hospedagem para 4 semanas, alimentação, traslados locais, aulas na instituição de ensino e ajuda de custo. Além disso, quem não for participar do concurso ou do Congresso, mas ainda sim quiser embarcar, poderá participar da I Caravana de Imersão Cultural Arteducação, o primeiro evento fora do país criado por Andrea Raw, diretora do Congresso, que levará um grupo de alunos para Nova York para uma estadia de 4 semanas, onde vão fazer aulas, visitar museus e teatros, além de outras atividades culturais.

Assim como nos outros anos, o Congresso oferecerá workshops nas 3 principais técnicas de dança moderna, com renovação do elenco de professores: técnica de Horton, por Ana Marie Forsythe, mestra e chefe do departamento de Lester Horton da Alvin Ailey School; técnica de Graham, por Elizabeth Auclair, ex-primeira bailarina da Martha Graham Dance Company e atual professora da Martha Graham School; e de Limón, por Ryoko Kudo, ex-solista da Limón Dance Company e professora freelancer de coreógrafos de NY e do exterior.

E, como a teoria se faz importante para um verdadeiro ensinamento de uma técnica, este ano também irá oferecer palestras e mesas redondas, para a discussão de temas pertinentes à formação em dança no Brasil e ao fazer da cena contemporânea.

Outra ação inédita no Congresso desse ano são as aulas de música, para bailarinos e profissionais. A dança e a música têm muitos pontos em comum, entre eles, o ritmo. E, pensando na melhora do ouvido e ritmo dos bailarinos, será possível também fazer aulas de percussão e música especialmente para quem dança, durante o Congresso, com o professor Mateus Xavier. Para músicos já experientes, o professor estrangeiro Victor Y. See Yuen vem especialmente para ensinar música voltada para dança.

Para encerramento das atividades do Congresso, será apresentado um espetáculo de dança, com a participação da Companhia Dança 3, de Andrea Raw e dois solos originais de repertórios das  companhias de Martha Graham e de José Limón: as professoras do Congresso, Elizabeth Auclair e Ryoko Kudo, dançarão peças de suas companhias de origem, exemplos cênicos da aplicação das técnicas de Dança Moderna como referência em sua concepção.

Para o público de dança, assim como para o público em geral, este evento terá um caráter inclusivo e formador, permitindo aos participantes contato com cada trabalho, de modo a fazer comparativos, traçar paralelos e interseções entre as técnicas e, principalmente, refletir sobre o papel de tais conceitos para o ensino e aprendizado da dança em todo o país. Além de, claro, oferecer oportunidades e experiências únicas, que incrementam o currículo de qualquer bailarino.

As inscrições para o Congresso poderá ser feita de três modos: pelo site http://www.congressodancamoderna.com.br/inscricoes, através do e-mail contato@dancamoderna.com.br ou pelos telefones (21) 3593-8893 e (21) 9137-7560 .

Histórico: De 2010 até o presente momento, já foram mais de sete eventos internacionais. Uma Master Class e um Workshop com o renomado coreógrafo norte-americano David Parsons em 2010, três edições do Workshop de Verão Dança Moderna (em 2011, 2012 e 2013), com a presença de Ana Marie Forsythe e Bradley Shelver, da Ailey School de NY e, finalmente, em junho de 2011, Andrea conseguiu concretizar um sonho: a realização do I Congresso Brasileiro de Dança Moderna, com alunos vindos de diversas partes do Brasil, ávidos pelos conhecimentos trazidos por professores de excelência de Dança Moderna.

SERVIÇO

III Congresso Brasileiro de Dança Moderna
Centro Coreográfico do Rio de Janeiro
Rua José Higino, 115, Tijuca – Rio de Janeiro
De 29 de maio até 02 de junho de 2013
Informações: (21) 3593-8893 / (21) 9137-7560
http://www.congressodancamoderna.com.br