Festival Contemporâneo de Dança e Cartografia do Possível no Centro de Referência da Dança de São Paulo

O Centro de Referência da Dança – CRDSP – acolhe, nesta quinta e sexta (16 e 17/11), o Festival Contemporâneo de Dança, com o solo da intérprete e coreógrafa Eliana de Santana, “A Emparedada da Rua Nova”, baseado na obra homônima do escritor e jornalista Carneiro Vilela (1846-1913), que relata o caso de uma jovem engravidada pelo namorado e emparedada viva em seu próprio quarto a mando de seu pai. O espaço apresenta ainda duas companhias dentro do programa “Cartografia do Possível”: o Núcleo Cor de Amora, dirigido por Cibele Ribeiro, com a intervenção cênico-musical “Imatéria” (quinta, 16), e o Núcleo Mercearia de Ideias, de Luiz Fernando Bongiovanni, em “Breve Compêndio para Pequenas Felicidades e Satisfações Diminutas” (sábado,18).

Embora o romance de Carneiro Vilela retrate com vivacidade a sociedade recifense do final do século XIX, é o seu desfecho macabro, o relato do emparedamento, que faz perpetuar a lenda – os recifenses mais antigos acreditam na veracidade da história. A peça coreográfica de Eliana de Santana nasce desse lugar sugerido pelo imaginário popular: os rumores sobre aparições, presenças momentâneas, espectros, fantasmas. “A Emparedada da Rua Nova” é uma investigação no corpo e na cena sobre a condição feminina, o tema da morte e o sobrenatural.

Para a criação de “Imatéria”, Cibele Ribeiro e o Núcleo Cor de Amora, que agrega pessoas e processos investigativos de movimento e composição cênica nas fronteiras entre dança, teatro, música, performance e improvisação, buscaram inspiração na geometria sagrada e na apreciação das formas que revelam ritmos, proporções, formas e padrões harmônicos. O trabalho dialoga com os estados mais profundos do ser, para trazer à tona a conexão com elos perdidos entre o atual e a ancestralidade.

“Breve Compêndio para Pequenas Felicidades e Satisfações Diminutas” reflete sobre a felicidade que habita os instantes, as frestas, as passagens. A pesquisa parte de uma lista – breve compêndio – com vivências e experiências de como cada pessoa descobre, individualmente, o que é felicidade, e que se manifestam em cena. O Núcleo Mercearia de Ideias iniciou seu processo de pesquisa, em 2009, na sede do Balé da Cidade de São Paulo, sob o comando do coreógrafo e diretor artístico Luiz Fernando Bongiovanni. O trabalho da companhia parte da valorização do movimento descoberto nas possibilidades de cada intérprete dentro das propostas de criação e das ferramentas de improvisação.

As apresentações acontecem sempre às 19h, com entrada gratuita.

Ficha técnica

A Emparedada da Rua Nova

Direção Geral e interpretação: Eliana de Santana
Performer convidado, Criação de luz e Espaço Cênico: Hernandes de Oliveira
Trilha sonora e Figurinos: Eliana de Santana e Hernandes de Oliveira
Operação de luz e som: Rodrigo Eloi Leão
Produção: E² Cia de Teatro e Dança

Imatéria

Dança: Cibele Ribeiro
Luz: Daniel Dalmoro
Músico: Felipe Agnelli

Breve Compêndio para Pequenas Felicidades e Satisfações Diminutas

Direção: Luiz Fernando Bongiovanni
Assistência: Lumena Macedo
Coreografia: em parceria com o elenco
Elenco: Carolina Verzolla, Jode Manzato, Julia Lima, Fernanda Verardo, Manoella Brunelli, Carlos Araujo, Jean Valber, Rivaldo Ferreira.
Iluminação: Lígia Chaim
Trilha Sonora: Sérgio Soffiatti
Vídeo: Osmar Zampieri
Operação de som e vídeo: Luiz Fernando Bongiovanni
Figurino: Nayara Saez
Cenografia: Oswaldo Lioi

Crédito da foto: Rodrigo Eloi Leão | Cena de A Emparedada – Eliana de Santana

Serviço

Festival Contemporâneo de Dança

Dias 16 e 17 (quinta e sexta)

A Emparedada da Rua Nova
Com Eliana de Santana (E² Cia de Teatro e Dança)
Sala Ivonice Satie
Classificação: 14 anos
Duração: 50 min

Cartografia do Possível

Dia 16 (quinta)

Imatéria
Com: Cibele Ribeiro (Núcleo Cor de Amora)
Sala Plural
Classificação: Livre
Duração: 20 minutos

Dia 18 (sábado)

Breve Compêndio para Pequenas Felicidades e Satisfações Diminutas
Com: Núcleo Mercearia de Ideias
Sala Ivonice Satie
Classificação: livre
Duração: 60 min

Centro de Referência da Dança de São Paulo – CRDSP
Baixos do Viaduto do Chá, s/n – República – São Paulo/SP
(acesso pela Rua Formosa – próximo às estações República, São Bento e Anhangabaú do Metrô)
Informações: (11) 3214-3249 | (11) 95301-3769

Deixe uma resposta