Em curta temporada, 7 Corujas apresenta Rainha retalhada

A nova produção do 7 Corujas tem como fonte a história de Inês de Castro, figura emblemática (1320/1325). É um trabalho desenvolvido simultaneamente por quatro criadores, onde a busca é construir uma escrita corporal, sem cortes, imperceptível ao público as mudanças de criadores. As apresentações acontecem dias 28 e 29 de junho, no Teatro Sérgio Cardoso.

A história de amor entre Inês e Pedro, se apresenta de forma conflituosa, por se tratar de um amor inatingível. Inês de Castro sofre um processo de transmutação: ela adquire valores lendários após sua morte. A transmutação cabe neste processo de criação como fio um condutor onde morte, transformação e uma figura mítica ajudam a construir este espetáculo juntamente com algumas questões filosóficas. O objetivo não é recriar a persona Inês, mas sim construir a imagem desta mulher que quebrou paradigmas em um momento histórico entre guerras, invasões, poder da igreja e reis. Personagens e atores que infelizmente não estão tão distantes do últimos acontecimentos políticos do nosso próprio pais, o que torna a história ainda mais interessante.

Ficha Técnica

Elenco: Ana Beatriz Nunes
Participação especial: Victor Hugo Vila Nova
Coreografas convidadas: Ariany Dâmaso, Marisa Bucoff e Manuel Gomes.
Iluminação: Igor Vieira e Sueli Matsuzaki.
Foto: Fabiana Ikehara.
Direção e concepção: Igor Vieira e Jaruam Miguez.

Crédito da foto: Fabiana Ikehara

Serviço

Rainha retalhada
7 Corujas
Dias 28 e 29 de junho de 2018
Quinta e sexta, às 20h
Local: Teatro Sérgio Cardoso – Sala Pascoal Carlos Magno
R. Rui Barbosa, 153 – Bela Vista – São Paulo/SP
Ingressos: R$ 30,00 e R$ 15,00 (meia)
Classificação: Livre

Sigam-me

Tarcísio Cunha

Idealizador, criador e diretor geral do site Agenda de Dança. É formado em Comunicação Digital, pela UNIP, e em Ballet Clássico, pela ReveranCCe Núcleo de Dança. Atualmente é integrante do grupo que representa a escola ReveranCCe Núcleo de Dança. Atua como professor de ballet clássico na ReveranCCe e Prefeitura Municipal de Osasco.
Sigam-me

Deixe uma resposta