Dança para todos! Gaga Brasil 2019 e Black Hole, de Shamel Pitts

Crédito da foto: Gadi Dragon

Pelo 5º ano consecutivo, a cidade de São Paulo recebe o projeto Gaga Brasil, que divulga e compartilha a linguagem de movimento criada pelo consagrado coreógrafo Israelense Ohad Naharin. No mesmo projeto, o professor da linguagem, bailarino e coreógrafo Shamel Pitts apresenta o espetáculo inédito em São Paulo, Black Hole.

De 15 a 18 de outubro de 2019, após 4 edições que já passaram pelo Rio, Belo Horizonte e São Paulo, a capital paulista prepara-se para receber e comemorar o 5º ano do projeto Gaga Brasil, que oferece aulas de dança a um amplo público de bailarinos e também não bailarinos, unindo grande profissionais da dança, amadores e até mesmo os que nunca se arriscaram num passinho.

Bailarinos profissionais terão a oportunidade de participar do ​Gaga/dancers Workshop​, ​que propõe a combinação das aulas ​Gaga/dancers ​com aulas do repertório coreográfico de Ohad Naharin. ​Para o grande público, a partir de 16 anos, o projeto oferece as aulas Gaga/people​, em que não é necessário ter habilidades específicas de dança para participar. Os encontros serão ministrados pelo bailarino e coreógrafo nova-iorquino ​Shamel Pitts [ex-Batsheva Dance Company], ​que além de conduzir as aulas de Gaga, apresenta a sua mais nova criação intitulada ​Black Hole​, no Itaú Cultural, entre os dias 11 e 13 de outubro.

Gaga ​é a ​linguagem ​de movimento desenvolvida pelo israelense Ohad Naharin ao longo de vários anos, paralelamente ao seu trabalho como coreógrafo e diretor artístico da Batsheva Dance Company, de Tel Aviv – companhia mundialmente reconhecida por sua excelência técnica e artística. ​A linguagem ​nasce da necessidade de comunicação entre Naharin e seus dançarinos e na sua curiosidade por uma pesquisa contínua. ​Gaga ​tem origem na crença pelo poder dinâmico, curativo e mutável do movimento; promove consciência corporal com flexibilidade, energia e agilidade; e amplia o senso de imaginação. É uma experiência de liberdade e prazer que objetiva estimular a potência de cada participante e visa o contato profundo consigo mesmo e com os outros. ​As aulas são embasadas na escuta do corpo e das sensações físicas por meio de instruções implantadas em camadas, construindo uma experiência física multi-sensorial.

O projeto Gaga Brasil teve sua primeira edição em 2015, nascida do encontro entre a bailarina e produtora Carolina Amares – que acabava de deixar o Grupo Corpo – com a publicitária e agora performer Mirelle Martins e Shamel Pitts. O que era para ser um acontecimento de dança pontual, devido ao grande sucesso, transformou-se em atividade anual e super aguardada pelo público amante da dança no Brasil, ao longo de 5 anos. Em 2019, o projeto é apresentado em uma coprodução entre Carolina Amares e a produtora Lia Levin, que após morar em Tel Aviv, se apaixonou pela linguagem e agora é parte do time.

Black Hole

Neste ano, além do projeto Gaga Brasil, as co-produtoras trazem para São Paulo o mais novo espetáculo de Shamel, ​Black Hole – o último de uma trilogia que apresenta bailarinos de diferentes países da diáspora negra. ​Após passar por cidades como Londres, Berlim, Nova Iorque, Tel Aviv e Rio (Festival Cena Brasil Contemporâneo), tem estreia no ​Itaú Cultural nos dias 11, 12 e 13 de Outubro.

O espetáculo ​pesquisa e compartilha uma odisséia artística e performática em que talentosíssimos performers unem-se para criar um trio vigoroso e de afro-futurismo. A Trilogia que é precedida por ​Black Box,​ solo do coreógrafo e bailarino, e por ​Black Velvet​, duo criado com Mirelle Martins, fecha a maratona de três partes. ​Black Hole conta com mais um bailarino, Tushrik Fredericks (África do Sul), que se reveza com Ricardo Januário (São Paulo).

Sobre Shamel Pitts​

Shamel teve sua formação em Artes Performativas na Juilliard School e foi bolsista da Alvin Ailey School, ambas em Nova York. Antes de se tornar intérprete da Batsheva Dance Company, passou pela Cia Hell’s Kitchen, de Baryshnikov, e hoje é bailarino convidado da companhia de dança LEV de ​SHARON EYAL | GAI BEHAR​, remontador de coreografias de Ohad Naharin e professor convidado de Gaga em importantes companhias de dança e programas como o Netherlands Dance Theater Summer Intensive Faculty. É artista residente da universidade de Harvard e em 2018 foi contemplado com o prêmio Princess Grace para o seu trabalho como coreógrafo.

Curiosidade​

O processo criativo de Naharin e o desenvolvimento da linguagem Gaga foram registrados no filme Gaga – O Amor Pela Dança (“Mr. Gaga”, Tommer Heymann, 2015), que conta a história do coreógrafo. O filme, que entrou em cartaz nos cinemas brasileiros em 2016, está disponível em algumas plataformas online. Assista o trailer abaixo:

Serviço

Aulas de Gaga/people
Aulas dias 15, 16, 17 e 18 de Outubro, das 20:30 às 21:30
Local: Casa Palco – Rua 13 de maio, 240/ 2º andar – Bela Vista.
As aulas não são interdependentes e podem ser compradas avulsas ou em pacote.
Inscrições: ​workshop.entre@gmail.com
Valor:
Aula avulsa – R$120,00
Combo 2 aulas: R$220,00
Combo 3 aulas: R$300,00 Combo 4 aulas: R$380,00 (32 vagas por dia)

Gaga/dancers workshop
Dias 15, 16, 17 e 18 de Outubro de 2019
Local: Casa Palco – Rua 13 de maio, 240/2o andar – Bela Vista
Horário: 9h às 12:30h
Inscrições: ​workshop.entre@gmail.com
Valor: R$1.150,00 https://www.gagapeople.com/en/event/gaga-workshop-in-sao-paulo/ (28 vagas)

Black Hole
Dias 11 (21h), 12 (21h) e 13 (20H) de Outubro
Local: Itaú Cultural – Avenida paulista, 149 – Bela Vista
Gratuito. Distribuição de ingressos 1 hora antes do evento na bilheteria do Itaú Cultural.

Deixe uma resposta