Balé da Cidade de São Paulo estreia T.A.T.O

Encerrando o ano de 2012 o Balé da Cidade de São Paulo estreia nova coreografia – T.A.T.O (Tecidos Abertos em Tensões Opostas) -, do coreógrafo Jorge Garcia, com a participação da Orquestra Sinfônica Municipal, e Ter_Alado, de Renato Vieira.

Em T.A.T.O. (tecidos abertos em tensões opostas), Jorge Garcia atenta para a percepção do toque nas relações do individuo com o outro, compreendendo e mergulhando nestes contatos. Ao mesmo tempo, busca oposições e desconstruções corporais levando as tensões físicas, espaciais e musicais no limite de exposição.

Em Ter/Alado, que foi ao palco do Theatro Municipal pela primeira vez em outubro, Vieira trabalhou com a companhia ao longo de dois meses, usando como pano de fundo diferentes peças de Heitor Villa-Lobos, explorando movimentos de ascensão numa tentativa de ultrapassar os limites do corpo.

“Renato Vieira vem de uma matriz mais ligada a [Maurice] Béjart, calcada na dança clássica e nas expressões fortes pelo uso do corpo. Lucas Timulak tem um refinamento de linguagem, um interesse pela qualidade do movimento na dança contemporânea de profunda leveza”, compara a diretora do Balé da Cidade, Lara Pinheiro.

SERVIÇO