XIV edição da Semana das Artes do Corpo da PUC-SP

Promovida pelos alunos do curso de Artes do Corpo, oferecido pela PUC-SP (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo), a XIV Semana das Artes do Corpo oferece diversas atividades relacionadas às linguagens artísticas do teatro, dança e performance cênica. Gratuita e aberta ao público, as atrações acontecem entre os dias 25 e 29 de setembro, segunda a sexta-feira, em diversos horários e espaços sediados tanto na instituição quanto no Tucarena, teatro que fica ao lado da PUC.

Com artistas vindos tanto da PUC quanto de outras instituições, cidades e até Estados, a Semana tem se consolidado nos últimos anos como um evento voltado para toda a cidade de São Paulo. “O objetivo é provocar um trânsito entre as linguagens artísticas e levantar um estudo das produções contemporâneas nas artes cênicas”, diz Júnior Lima, estudante e um dos organizadores do evento. Promovida pelos alunos do curso de Artes do Corpo – que já tem dezoito anos de existência – a semana é organizada pelos alunos e apoiada pelo corpo docente, com professores e coordenadores apoiando na curadoria e nas apresentações agendadas para o evento.

A XIV Semana das Artes do Corpo acontecerá uma semana após a rememoração dos 40 anos da invasão da PUC pela polícia no período da ditadura militar. Júnior explica que a programação não utilizou o assunto como referência para as escolhas das performances e das oficinas, mas que haverá alguns trabalhos, intervenções e debates que irão dialogar com a efeméride.

“Vamos cruzar as programações expondo fotos, performances e videodanças no saguão da biblioteca da PUC, que terá uma mostra sobre a invasão militar. É urgente lembrar desse assunto no contexto que vivemos hoje”, conta Júnior.

Para se inscrever nas oficinas oferecidas pelo evento, basta enviar e-mail para 14semanadasartesdocorpo@gmail.com contendo nome, telefone e idade. No assunto, deve-se indicar o nome da oficina desejada. A entrada para as oficinas, debates e intervenções é franca e não é necessário retirar ingresso com antecedência.

Programação

– Performances, debates e intervenções

25 de setembro, segunda-feira

9h. Ritual de Abertura – Grupo de Estudos em Artes do Corpo. Local: Bosque – Pátio da Cruz.
13h. Criação em Danças Brasileiras – Primeiro Movimento. Local: Sala 519. Alunos de criação em danças brasileiras da EDASP.
16h. Sobre Bulas – Larissa Bueno e Junior Lima. Local: Pátio da Cruz.
17h. Experimento – Cubo Nestesicorpo. Local: Bosque.
17h. Volvere Vento – Grupo Talvez Elizabeth. Local: Sala 533.
18h. Samba das Mina. Local: Bosque.
18h30. Sertão de Mim – Coletivo Besha Pare. Local: Sala 519.
19h30. Situação com Ana – Wellington Duarte com orientação de Ana Teixeira. Local: Sala 537.
20h. Um Vinho e Um Livro com Ana T. – Ana Teixeira. Local: Sala 509.

26 de setembro, terça-feira

10h. Rua Flu – Companhia Mover. Local: Tucarena.
11h30. Abertura de processo do TCC de Teatro e Performance – Orientação de Samira Borovik. Local: Sala de Ensaio do TUCA.
15h. Estrangeira – Nathalie Brunetti. Local: Pátio da Cruz.
16h. Voyeur – Cia Tentáculo Jovem. Local: Tucarena.
16h às 20h. Pressa – Letícia Migliorini. Local: Saguão da Biblioteca.
17h. Corpos Invisíveis – Raquel Flor Nunes. Local: Saguão do Tucarena.
17h30. Prainha – CIDF32 – Núcleo Palimpsesto. Local: Prainha.
21h. Pra Não Dizer que Não Falei das Flores – Núcleo Artístico Temer Jamais. Local: Sala 519.
21h30. O Andarilho e Sua Sombra – Rodrigo Eloi Leão. Local: Tucarena.

27 de setembro, quarta-feira

9h. [Lenz – Memórias de Corpo a Corpo] ou [Lenz, Tua Novela Também é Minha!] – Narany Mireya. Local: Bosque.
11h. Eu Outro (Movimento 1) – Cia Fragmento de Dança.
13h. Não Somos Um Corpo Vendável da Sociedade Capitalista – Asa de Borboleta Performance Art. Local: Rampas/Prainha.
14h30. Extratos Operação Condor – Mercosul – Cuadra Flamenca e Tangará Cia de Dança.
15h30. Um Que Somos Nós – Estudo Biográfico de Rodas para o Ar. Local: Tucarena.
15h45. Amarras – Beatriz Pozo. Local: Pátio da Cruz.
16h. 3 – Moxkitos. Local: Prainha.
18h. Demônio – Samara Lacerda. Local: Prainha.
18h. [The Dance… Of Life… Of Days… ((( Valsa Sem Nome))) ] – Narany Mireya. Local: Saguão do Tucarena.
19h. Sobre Bulas – Larissa Bueno e Junior Lima. Local: Prainha.
19h. Pesquisa ‘Abismo’ – Grupo Corpo Molde. Local: Tucarena.
19h30. Prontos Pra Morrer? – Cia Solitária. Local: Saguão do Tucarena.
21h30. Casa de Bonecas – Coletivo Profaníssima de Teatro. Local: Tucarena.

28 de setembro, quinta-feira

9h. 3 – Moxkitos. Local: Prainha.
10h30. Abertura de Processo do TCC: Gangrena. Orientação – Francisco Medeiros. Local: Tucarena.
13h30. Relicário – A Musa Heroica Cia de Teatro. Local: Tucarena.
15h30. A Sirene – Átila Muniz. Local: Museu da Cultura.
16h. O Que Restou do Branco – Coletivo Ana Maria Amarela. Local: Pátio da Cruz.
16h30. Jardindigente – Grupo Asfalto. Local: Prainha.
17h30. Outros Delitos de Agora – Coletivo Entrelado de Teatro. Local: Prainha.
18h30. Tripas ao Coração – Nata Neumann. Local: Tucarena.
19h30. Duelo de Egos – Núcleo de Pesquisa em Dança Contemporânea da FASCS. Local: Saguão do Tucarena.
20h. It: A Epifania da Coisa – Priscila Queiroz. Local: Prainha.
20h30. M.G. Baquaqua – Corpo e Fé Africana – É Luz Cia de Dança. Local: Tucarena.
21h30. Cruzadas – Turma 58 do curso de teatro da FASCS. Local: Saguão do Tucarena.

29 de setembro, sexta-feira

9h. Conversa com Ruth Rachou e Francisco Medeiros. Local: Sala 333.
10h. Conversa com Helena Katz e Ana Teixeira. Local: Sala 333.
10h. Entre Poderes: O Estado – Grupo Asfalto. Local: Pátio da Cruz.
12h. Isso é…Música e Dança – Cia Alavankazan. Local: Prainha.
15h. Tempos Modernos – Jeanice Ferreira e Alessandro Atanes. Local: Pátio da Cruz.
16h. Entre Poderes: O Afeto – Grupo Asfalto. Local: Pátio da Cruz.
17h. Filosofia do Ralo – Núcleo DAAFI (Dança, Artes, Filosofia).
18h. Onírico Ser Sonoro – Estudo Sobre o Devaneio – Cristina Eira. Local: Sala 533.
19h. O Solo e o Outro – Clayton Brasil. Local: Sala 537.
20h. O Solo e o Outro – Clayton Brasil. Local: Pátio da Cruz.
20h. Eu em Mim – Um Documentário Cênico – Cia Gufa de Teatro. Local: Escada de Incêndio.
22h. Artes do Corpo – A Festa. Local: NossaCasa Confraria das Ideias (R. Mourato Coelho, 1032 – Vila Madalena).

– Oficinas

Dia 25 de setembro, segunda-feira, das 10h às 13h

Movimento e Expansão
Ministrante: Liliane de Grammont. Duração total: 3h/180 minutos.

Oficina de dança contemporânea. Aquecimento buscando a desarticulação óssea e liberação das cadeias musculares, seguido de técnicas de improvisação pensando o corpo como instrumento dramatúrgico.

Dias 25 e 26 de setembro, segunda e terça-feira, das 14h às 17h

O Palhaço e a Resistência Risível
Teatro Fuscalhaço – Grupo Manifesta
Ministrante: Sérgio Khair. Duração total: 6h/360 minutos

Oficina de dança contemporânea. Aquecimento buscando a desarticulação óssea e liberação das cadeias musculares, seguido de técnicas de improvisação pensando o corpo como instrumento dramatúrgico.

Dia 26 de setembro, terça-feira, das 10h às 12h

Processos Investigativos da Presença e da Performance
Ministrante: Priscila Queiroz. Duração total: 2h/120 minutos

Nesta oficina serão abordados os conceitos de “corpo vibrátil” da Suely Rolnik em diálogo com exercícios de sensibilização corpórea e de presença cênica através da técnica Klauss Vianna e também de experimentação/improviso com alguns fragmentos da obra inspiradora Água Viva, de Clarice Lispector.

Priscila Queiroz é graduada em Teatro (bacharelado e licenciatura) pela Universidade Anhembi Morumbi e pós-graduada em Corpo: Teatro, Dança e Performance pela Escola Superior de Artes Célia Helena. Atualmente é intérprete-criadora do Núcleo Kasa e se dedica a uma carreira solo na qual faz alguns diálogos entre fragmentos literários e fatos autobiográficos.

Público alvo: Interessados em viver uma experiência artística com o corpo.
Necessário roupas leves que permitam movimentação fluente na sala de aula.

Dias 26, 27 e 28 de setembro, de terça a quinta-feira, das 10h às 12h

Teoria do Corpo Lânguido
Uma proposta afrocentrada e uma posta no torso
Ministrante: Rubéns Lopes. Duração total: 6h/360 minutos

Esta é uma proposta afro referenciada em dança que aposta na movimentação do torso como motivadora de ambiências e elemento material de ancestralidade.

Público alvo: artistas de dança e demais pesquisadores da temática. Pessoas do movimento negro.

Dia 26 de setembro, terça-feira, das 14h às 18h

Atos Para Não Dançar
Grupo Corpus
Ministrante: Pin Nogueira. Duração total: 4h/240 minutos

Oficina que busca uma vivência a partir do processo de criação do Grupo Corpus em Atos para não dançar que tem como abordagem a técnica Klauss Viana em diálogo com Paulo Freire.

Dia 26 de setembro, terça-feira, das 19h às 21h

Diagnose: Ignoto
A Performance e o Registro da Performance (Performance-oficina)
Corporação Terato
Performers: Fabio Lopes e Yuri Morroni. Duração total: 2h/120 minutos

O experimento acontece na tensão entre oficina de modelo vivo e performance, uma experiência sinestésica. Numa sala escura o público participante é provocado a registrar a ação de um corpo disforme em constante metamorfose. Ruídos e luzes evidenciam ora humanidade, ora bestialidade. Massa não definida. Vazio. Problematizaremos o registro da ação, fracasso ou êxito de traduzir o intangível.

Fabio Lopes é artista visual, ator e arte-educador. Integrou o núcleo educativo da 30ª Bienal de São Paulo, e de grandes exposições na rede Sesc SP. Pesquisa os desdobramentos do desenho como dispositivo relacional e disparador criativo. Yuri Morroni é artista, escritor e arte-educador. Cofundador do grupo Patafísica – Mediadores do Imaginário. Pesquisa e relata a expressão do indivíduo no cotidiano.

Dia 27 de setembro, quarta-feira, das 10h às 12h

Dança Clássica
Uma abordagem somática: reconstruir a técnica, desautomizar o corpo
Ministrante: Camila Venturelli. Duração total: 2h/120 minutos

A aula consiste em uma abordagem da dança clássica a partir de técnicas da educação somática, a fim de reconhecer e reconstruir a técnica pela perspectiva do artista pesquisador contemporâneo. Trata-se de acessar o código do balé pelo entendimento de seus alinhamentos ósseos, tônus muscular, uso do peso, coordenação motora, equilíbrio, volume, direcionamento espacial, e utilizá-lo para o estudo do movimento na dança e no cotidiano.

Dia 27 de setembro, quarta-feira, das 14h às 17h

Encontro com as Danças Brasileiras
Ministrante: Mika Rodrigues. Duração total: 3h/180 minutos

Nesse encontro serão abordados diferentes ritmos, passos, posturas e manobras coreográficas das danças populares brasileiras, como o caboclinho, o cavalo marinho e o maracatu rural. Os participantes experimentarão possibilidades de reelaborar essas danças para enriquecer e organizar uma linguagem corporal.

Dia 28 de setembro, quinta-feira, das 14h às 16h

Princípio de Criação Autoral (Corpo e Ação)
Cia Alavankazan
Ministrante: Amanda Senne. Duração total: 2h/120 minutos

A criação artística pode acontecer independentemente de uma técnica, as experiências que vivemos, sejam elas quais forem, aguçam nossas inspirações e potencialidades, elevam nossa subjetividade criativa a um patamar de ações concretas.

Esta oficina consiste na aplicação de sequências experimentais voltadas para o corpo, utilizando sons, movimentos e imagens com o afim de definir para os indivíduos, através da vivencia artística, a potencialidade criativa que reside em cada um deles.

Dia 29 de setembro, sexta-feira, das 14h às 16h

Silêncio, Imaginação Sonora e o Estado de Devaneio
Ministrante: Cristina Eira. Duração total: 2h/120 minutos

A proposta da oficina é a vivência de estímulos sensoriais sonoros, que propiciem o aprofundamento e sensibilização da escuta e sua experimentação em estados corporais e movimentos.

Serão utilizados alguns instrumentos musicais que serão vivenciados e manuseados pelos participantes, dando espaço para as reações físicas e psicológicas que podem surgir desta sensibilização, a percepção do acesso a um estado de dilatação do tempo e do espaço, transformação da percepção do presente e afloramento da memória, da imaginação e da subjetividade, e experimentação de criação de temporalidades internas, materiais sensoriais e texturas.

Crédito da foto: Espetáculo Tripas ao coração | Foto: Joel Dias Filho

Serviço

Oficinas da XIV Semana das Artes do Corpo
De 25 a 29 de setembro de 2017
Segunda à sexta-feira, das 9h às 23h
Local: PUC-SP
Rua Monte Alegre, 984 – Perdizes – São Paulo/SP
Entrada gratuita
Classificação etária: livre
Assessoria de Imprensa: Ensaio Comunicação.

Deixe uma resposta