Últimos dias de inscrição para o Prêmio Desterro – 7° Festival de Dança De Florianópolis

Premio desterro 2016_Corpo de Baile Danzaria, de Jundiaí - SP, melhor jazz do Prêmio Desterro 2015. CRÉDITO_CRISTIANO PRIM-DIVULGAÇÃO.fw
Corpo de Baile Danzaria, Jundiaí – SP | Melhor Jazz do Prêmio Desterro 2015 | Foto: Cristiano Prim/Divulgação

Bailarinos, grupos, companhias, escolas e academias do Brasil e do exterior têm somente até o dia 15 de junho para se inscrever no Prêmio Desterro – 7° Festival de Dança de Florianópolis, que será realizado de 30 de agosto a 4 de setembro, no Teatro Ademir Rosa, no Centro Integrado de Cultura (CIC). A premiação total de R$ 22 mil será distribuída entre os melhores bailarino, bailarina e coreógrafo, os vencedores de cada gênero de dança, o destaque do evento e o grande campeão.

Podem participar trabalhos de balé clássico, balé clássico de repertório, dança contemporânea, dança de salão, danças populares, danças urbanas, jazz e sapateado, que concorrerão em duas categorias: júnior (nascidos entre 2000 e 2004) e adulto (nascidos até 1999). Os subgêneros estão divididos em solo masculino e feminino, duo e conjunto.

A inscrição de coreografias é ilimitada, porém somente um trabalho por combinação de gênero, subgênero e categoria de cada grupo poderá ser aprovado – exceto no subgênero solo, desde que não seja o mesmo bailarino. Por exemplo: um jazz/duo/júnior, um jazz/duo/adulto, um sapateado/conjunto/júnior, um sapateado/conjunto/adulto e assim por diante. As apresentações de solos e duos não podem ultrapassar três minutos e as de conjunto cinco minutos.

Os candidatos devem enviar as fichas de inscrição, efetuar o pagamento da taxa de avaliação no valor de R$ 15 por coreografia e postar os respectivos vídeos (upload) até 15 de junho, por intermédio do site www.premiodesterro.com.br. A relação dos selecionados será divulgada até o dia 4 de julho. Apenas estes pagarão taxa de inscrição e remeterão os demais documentos exigidos até 20 de julho, por Sedex.

INVESTIMENTO

  • Conjunto: R$ 35,00 (por bailarino)
  • Duo: R$ 160,00 (a dupla)
  • Solo: R$ 140,00
  • Assistentes, diretores e coordenadores: R$ 35,00, independentemente do número de coreografias inscritas
  • Coreógrafos: isentos

Estes valores correspondem à participação dos bailarinos em apenas uma coreografia. Quem dançar em outro trabalho deverá pagar nova taxa, integralmente.

PREMIAÇÃO

  • Os três primeiros colocados nos subgêneros solo feminino e masculino, duo e conjunto, em todos os gêneros, nas duas categorias (júnior e adulto), receberão troféus.
  • O grupo ou bailarino considerado pelos avaliadores como o melhor de cada um dos oito gêneros ganhará R$ 1 mil.
  • O melhor coreógrafo levará R$ 1 mil.
  • Os melhores bailarino e bailarina embolsarão R$ 500 cada um.
  • Todos os participantes poderão ser indicados ao Prêmio Destaque, de R$ 2 mil, que será outorgado a um dançarino, grupo, escola, figurinista, ensaiador, coreógrafo ou conjunto de obra que se sobressaia no evento.
  • Ao campeão do festival será concedido o Prêmio Desterro, no valor de R$ 10 mil.
  • Os primeiros colocados em cada gênero/subgênero/categoria terão vaga garantida na edição seguinte do festival com coreografia de igual combinação, sem necessidade de seleção, mas igualmente pagando a taxa de inscrição.
  • Os melhores de cada gênero ganharão direito a concorrer no 25° Passo de Arte – Competição Internacional de Dança, que será realizado em julho de 2017, em Indaiatuba (SP), porém, deverão adaptar-se ao regulamento e também pagar taxa.

Deixe uma resposta