Temporada de Dança do Teatro Alfa 2016


Está chegando mais uma Temporada de Dança do Teatro Alfa, que este ano realiza a 13ª edição. Confira abaixo o convite feito pela Elizabeth Machado, diretora superintendente da temporada.

Selecionamos seis companhias que permitirão ao público entrar em contato com excelência e ampla diversidade de expressões artísticas na dança.

Três estilos da dança brasileira, diferentes, personalíssimos e reverenciados internacionalmente estão presentes na programação. No espetáculo de abertura, que acontecerá em junho, a Cia. Deborah Colker fará um mix de dois de seus maiores êxitos (Velox e Rota) apresentando VeRo, para relembrar a relação inicial de sua dança com o vigor dos esportes e homenagear as Olimpíadas de 2016. O Grupo Corpo, cuja brilhante trajetória tem sido mostrada em todas as nossas temporadas, trará duas consagradas coreografias de Rodrigo Pederneiras: 21 e Dança Sinfônica.

E teremos, pela primeira vez em nossos palcos, a premiada companhia mineira Mimulus Cia. de Dança, que apresentará Do lado esquerdo de quem sobe, com seu estilo híbrido que busca uma nova forma de associar a dança de salão à contemporânea.

E três expressões completamente distintas e atuais compõem a programação internacional. Do Japão, o Sankai Juku, de Ushio Amagatsu, um dos coreógrafos e dançarinos mais aclamados do butô contemporâneo que volta à nossa temporada para apresentar Meguri, obra que vem da estreia em Paris para o Alfa. Da França, vem a Compagnie Käfig, criada por Mourad Merzouki, francês de origem argelina, que soube expandir a linguagem do hip-hop (base da companhia), dirigindo seu trabalho para um cruzamento de múltiplas disciplinas: circo, artes marciais e dança contemporânea. Pixel alia a dança da Käfig ao mundo virtual das projeções digitais. É um enorme sucesso desde sua estreia em 2014. Do Chile, o Ballet de Santiago que tem a direção artística da brasileira Marcia Haydée, apresentará Zorba, o grego. Um belíssimo espetáculo com uma grande companhia estável.

Apresentamos a seguir mais detalhes sobre os espetáculos com as respectivas datas, lembrando que os ingressos podem ser adquiridos, com vantagens, sob a forma de assinaturas.

Contamos com a sua presença!

Elizabeth Machado
Diretora Superintendente

Para quem não quer perder nada, a dica é fazer a assinatura da temporada, que garante ao público ótimos lugares no teatro, além de desconto especial de 30% para pessoas da terceira idade e estudantes e 15% para o público em geral.

O preço das assinaturas variam de R$ 212,50 a R$ 629,00, para compras sem o ingresso para o Ballet de Santiago, ou de R$ 255,00 a R$ 867,00, para compras com o ingresso para o Ballet de Santiago.

Benefícios do Assinante

– 15% de desconto nos ingressos dos espetáculos da Temporada;
– 30% de desconto para pessoas da terceira idade e estudantes (assinatura especial);
– Poltrona cativa em todos os espetáculos da Temporada de Dança 2016;
– 50% de desconto no serviço de estacionamento nos dias de espetáculo da Temporada de Dança 2016;
– 10% de desconto na compra de ingressos para outros espetáculos da programação do Teatro Alfa;
– 04 ingressos para qualquer espetáculo da Temporada Infantil 2016;
– Kit de assinatura (ingressos e vouchers) entregue em casa;
– Pagamento em até 3 vezes sem juros com cartão de crédito

Para saber mais e realizar sua assinatura, clique aqui.

PROGRAMAÇÃO

Temporada alfa de danca 2016_CIA. DE DANÇA DEBORAH COLKER

De 24 de junho a 03 de julho
CIA. DE DANÇA DEBORAH COLKER
Programa: VeRo (mix de Velox e Rota)
Rio de Janeiro – RJ – Brasil
Terça a Quinta às 21h00, Sexta às 21h30, Sábado às 16h00 e 20h00 e Domingo às 18h00
Ingressos: R$ 50,00 a R$ 150,00

Sobre

Deborah Colker criou 11 espetáculos, desde a estreia de sua companhia no Theatro Municipal do Rio de Janeiro em 1994. Com um repertório sólido e inovador, sedimentou um percurso de prestígio e reconhecimento no Brasil e no exterior.

Em 1996, Deborah Colker reuniu duas de suas primeiras coreografias – Vulcão e Velox, criando uma terceira obra, Mix que a consagrou internacionalmente, sendo inclusive agraciada com o Prêmio Laurence Olivier, anualmente concedido pela The Society of London Theatre.

Vinte anos depois, Deborah Colker faz mais uma fusão de dois trabalhos. VeRo é um mix de Velox e Rota. Reunindo dois dos seus maiores sucessos de público, com forte relação com os esportes, faz uma bela homenagem às Olímpiadas de 2016.

Temporada alfa de danca 2016_BALLET DE SANTIAGO

De 15 a 17 de julho
BALLET DE SANTIAGO
Programa: Zorba, o grego
Santiago – Chile
Sexta às 21h30, Sábado às 16h00 e 20h00 e Domingo às 20h00
Ingressos: R$ 100,00 a R$ 280,00

Sobre

O balé também é um modo de contar histórias. Histórias narradas por coreógrafos que colocam em cena a natureza humana em toda a sua essência. O Ballet de Santiago, que tem desde 2004 como diretora artística a consagrada bailarina brasileira Marcia Haydée, é um exemplo bem-sucedido de parceria com os mais criativos coreógrafos do nosso tempo, tornando-a uma companhia estável mundialmente conceituada.

A concepção coreográfica de Lorca Massine (filho de Léonid Massine, do legendário Ballets Russes) da bela história de Zorba, do romance de Kazantzakis e música de Theodorakis, imortalizado no filme por Anthony Quinn, é de uma beleza sem igual. Uma peça de grande lirismo com o encantamento arrebatador de um épico grego que exalta a liberdade e a amizade.

Temporada alfa de danca 2016_SANKAI JUKU

Dias 23 e 24 de julho
SANKAI JUKU
Programa: Meguri
Tokyo – Japão
Sábado às 20h00 e Domingo às 18h00
Ingressos: R$ 50,00 a R$ 180,00

Sobre

A mais renomada e reconhecida companhia de dança contemporânea japonesa, foi criada por Ushio Amagatsu há mais de quatro décadas, uma das maiores expressões de dança na Ásia e uma referência na cena internacional. Amagatsu, proveniente da segunda geração do butô, e um de seus maiores representantes, soube tomar uma certa distância de seu radicalismo inquieto e transgressor, criando uma estética singular, integralmente mais serena ou mesmo meditativa, uma arte mais cosmogônica, em busca de um equilíbrio entre os mistérios do universo e a metafísica da presença no mundo.

MEGURI – coreografia para 8 bailarinos
Exuberância marinha, tranquilidade terrestre.

A palavra Meguri vem de Meguru e refere-se a uma rotação, um ciclo, como o da água, bem como qualquer coisa em movimento circular. O significado de Meguri é, portanto, extensivo ao que circula seguindo uma certa ordem, como por exemplo a passagem do tempo, as mudanças de estação, a evolução das coisas, etc.

Temporada alfa de danca 2016_Grupo Corpo

De 04 a 14 de Agosto
GRUPO CORPO
Programa: Lecuona e Dança Sinfônica
Belo Horizonte – MG – Brasil
Quarta e Quinta às 21h00, Sexta às 21h30, Sábado às 20h00 e Domingo às 18h00
Ingressos: R$ 50,00 a R$ 150,00

Sobre

Lecuona

Amores ardentes, vorazes volúpias, ciúmes nefastos, corações partidos, saudades brutais, desprezo, rancor, indiferença… Com letras que beiram o kitsch e a construções melódicas estonteantemente belas, o romantismo rasgado das canções de Ernesto Lecuona (1895-1963) havia capturado o coração bailarino do coreógrafo Rodrigo Pederneiras em meados dos anos 80. Duas décadas depois, em 2004, o Grupo Corpo rendia-se à genialidade do maior ícone da música cubana de todos os tempos e decidia abrir uma exceção à regra, estabelecida em 1992, de só trabalhar com trilhas especialmente compostas para colocar em cena o balé que leva seu nome: Lecuona.

Dança Sinfônica

Nesse espetáculo criado em 2015 para comemorar os 40 anos da Companhia, Rodrigo Pederneiras revisita as melhores notações de todo um vocabulário que havia deixado para trás e processa uma espécie de síntese de uma escritura coreográfica construída ao longo de seus 34 anos como coreógrafo residente da Companhia. Nessa tarefa contou com a preciosa ajuda da música composta por Marco Antônio Guimarães, interpretada pela Orquestra Filarmônica de Minas Gerais e pelo Grupo UAKTI.

Temporada alfa de danca 2016_MIMULUS CIA. DE DANÇA

Dias 22 e 23 de outubro
MIMULUS CIA. DE DANÇA
Programa: Do lado esquerdo de quem sobe (2006)
Rio de Janeiro – RJ – Brasil
Sábado às 20h00 e Domingo às 18h00
Ingressos: R$ 50,00 a R$ 80,00

Sobre

Fundada em 1994 e dirigida artisticamente por Jomar Mesquita, a Mimulus Cia. de Dança, com sede na cidade de Belo Horizonte, tornou-se uma referência no panorama da dança brasileira, com marcante presença na cena internacional. A partir de um intenso trabalho de pesquisa, desenvolveu uma linguagem própria. Ultrapassando os limites da dança de salão (base da Companhia), criou um novo conceito, um estilo híbrido associando a dança de salão à contemporânea.

Do lado esquerdo de quem sobe a rua Ituiutaba, em Belo Horizonte, há um grupo de galpões e a Mimulus Cia. de Dança comparece a um deles diariamente. Dali acompanha o pulsar da cidade, no seu estica, encolhe e na ocupação desordenada dos espaços urbanos. Neste constante fazer, a Cia. ocupa-se de forma semelhante: constrói e desconstrói, subverte, relê a dança e a vida.

Do lado esquerdo de quem sobe tem trilha composta de clássicos da música popular brasileira interpretados por Yamandú Costa. O espetáculo já foi apresentado em renomados festivais internacionais e foi exibido na França, pela rede de televisão France 3. Nos EUA, fez parte do documentário sobre os 75 anos do Jacob’s Pillow Dance Festival.

Temporada alfa de danca 2016_COMPAGNIE KÄFIG

De 05 a 07 de novembro
COMPAGNIE KÄFIG
Programa: Pixel (2014)
Créteil – França
Sábado às 20h00 e Domingo às 18h00
Ingressos: não disponível

Sobre

A Compagnie Käfig de Mourad Merzouki – francês de origem argelina, atualmente diretor do Centro Coreográfico Nacional de Créteil – foi criada em 1996. Merzouki soube expandir a linguagem do hip-hop para um cruzamento de múltiplas disciplinas: circo, artes marciais, artes plásticas e dança contemporânea, sem perder de vista as raízes de sua dança, suas origens sociais e geográficas.

O espetáculo Pixel nasceu do conceito de união da dança às projeções digitais, da ideia de mesclar realidade e mundo virtual. A pesquisa sofisticada de Claire Bardainne e Adrien Mondot dá vida ao mundo digital de uma maneira artesanal e de extrema sensibilidade. Mourad Merzouki une a dança da Käfig ao delírio das imagens. Homens e imagens unidos com graça. A tecnologia do digital colocando o homem no centro dos desafios tecnológicos e o corpo no coração das imagens.

SERVIÇO

Temporada Alfa de Dança 2016
De 24 de junho até 07 de novembro de 2016
Local: Teatro Alfa
Rua Bento Branco de Andrade Filho, 722 – Santo Amaro – São Paulo/SP
Vendas on-line: Ingresso Rápido

Deixe uma resposta