Tap in Rio

O Tap in Rio é um festival de sapateado americano, com sede no Rio de Janeiro. O evento nasceu em janeiro de 2002 de uma iniciativa de Steven Harper e Adriana Salomão. Criado originalmente para ser um simples curso de verão de sapateado americano, tornou-se aos poucos um evento de referência no país e no mundo, reunindo os melhores profissionais do meio e centenas de alunos em torno de aulas, apresentações, mesas-redondas e outras atividades. A edição 2019 acontece de 21 a 26 de janeiro.

Em 2019, o evento contará com 32 professores, sendo 9 de fora do Brasil, dentre eles, personalidades como Chloe Arnold (indicada ao Grammy Awards em 2018), Maud Arnold, Ryan Johnson (Stomp, Cirque du Soleil), Quynn Johnson (Stomp, Cirque du Soleil), Roxy King, assim como os principais pesos pesados da modalidade no Brasil como Steven Harper, Adriana Salomão, Giuliano Antônio, Derick Jacinto, Ana Carolina Tonioshi, etc.

O evento tem como meta principal o desenvolvimento e aprimoramento do sapateado no Brasil. Os outros objetivos são:

  • Auxiliar na formação de profissionais;
  • Fomentar um ambiente colaborativo entre os profissionais brasileiros;
  • Fomentar consciência sobre suas raízes e sua história;
  • Expandir os limites artísticos do sapateado;
  • Instigar o interesse pela modalidade.

O número de praticantes e o interesse pelo sapateado está crescendo rapidamente no Brasil – em parte graças ao Tap in Rio – mas o mercado profissional para a modalidade é restrito e sua presença no cenário cultural brasileiro ainda é limitada. Se quisermos desenvolver um verdadeiro mercado para o sapateado no Brasil, temos de fazê-lo aqui, em território nacional, por isso a prioridade dada aos profissionais brasileiros. Além disso, mais do que reproduzir a estética do sapateado “feito nos EUA”, o Tap in Rio procura incentivar o crescimento de um sapateado com “sotaque brasileiro”, enfatizando “o jeito brasileiro” de dançar e sentir a música.

Ao longo de seus 18 anos, o evento contribuiu de forma decisiva para o crescimento profissional de grande parte dos jovens sapateadores em destaque hoje. Uma verdadeira Lista Vip da modalidade no Brasil, ele reúne a cada ano os melhores sapateadores e oferece um quadro de professores de alta qualidade, privilegiando profissionais atuantes no país. Mas o evento ganha também reputação internacional, recebendo um número crescente de participantes vindo da Argentina, Chile, Colômbia, Uruguai, Estados Unidos e de diferentes países da Europa. Profissionais de destaque mundial, notadamente Chloe Arnold, madrinha do evento, que estará participando pela 11° vez em 2019, encontram no Tap in Rio esse “algo a mais” que os faz querer voltar ano após ano. O evento, sem sombra de dúvidas, está no mapa mundial do sapateado.

As Atividades

  • Cursos e Master Classes com os melhores professores do Brasil e do exterior, durante 6 dias. O ensino e aprimoramento do sapateado americano é o carro chefe do evento e as aulas enfocam em aspectos específicos, tais como: técnica e dinâmica, percepção musical, improviso, composição coreográfica, repertório, etc… Completam o cardápio oferecido aulas de “modalidades irmãs” ou complementares, como percussão corporal, danças brasileiras, hip hop, lindy hop, estudos rítmicos, percepção musical, sonorização de palco, produção, etc.
  • Palco Tap in Rio – As noites de apresentação são momentos de celebração do sapateado e canal de expressão dos participantes do evento, tanto profissionais quanto amadores. Os espetáculos acontecem desde 2017 no Teatro Fashion Mall, em São Conrado, com plateia de 350 lugares.
  • Desafio Tap in Rio – O concurso tem como finalidade descobrir, destacar e premiar solistas de talentos, capazes de apresentar uma coreografia com personalidade e domínio técnico. Não julga o número como um todo, nem a coreografia, somente o sapateador, daí a opção por uma coreografia única e pré-estabelecida para todos os participantes.
  • Batalhas Tap in Rio – premiando o(a) melhor improvisador(a); conhecida nos EUA por “Cutting Contest”, a Batalha é um duelo entre dois sapateadores, com regras estabelecidas e um corpo de jurados para determinar o vencedor. Temos a Batalha Teen e a Batalha Adulta.
  • Brigadas Urbanas – As brigadas urbanas são grupos de sapateadores que invadem as ruas do Rio de Janeiro, dando visibilidade ao sapateado e se posicionando de forma criativa contra a falta de espaços e possibilidades culturais. Trata-se de uma grande improvisação onde todos os elementos presentes – o público, os carros que passam, os prédios e as cores da cidade – fazem parte desse sapateado, que é concebido no instante da sua execução.
  • Jam Session e festa de encerramento, com Mark Lambert Trio, ao vivo;
  • Homenagem Tap in Rio – premiando personalidades que se destacaram no desenvolvimento do sapateado no Brasil. O festival homenageia periodicamente uma personalidade do sapateado no Brasil, alguém que se destaca por sua contribuição e incentivo à nossa arte.
  • Bate-papo sobre diversos temas atuais de interesse ao sapateador.
  • Cine Tap – mostra de vídeos raros do sapateado de ontem e hoje.
  • Cantinho de leitura – os principais livros e publicações, em diversos idiomas.

Ficha Técnica

Direção: Steven Harper e Adriana Salomão
Produção executiva: Gabriel Demartine e Rafael Sanches Lopes
Responsável Marketing: Giuliano Antônio
Arte: Carol Caldas
Equipe de produção: Ivo Venerotti, Gabriel Demartine, Rafael Sanches Lopes, Evelyn Lima, Bia Perez, Luiz Felipe Vidal, Sofia Harper.

Crédito da foto: Ayesha Zangaro

Serviço

Tap in Rio
De 21 a 26 de janeiro de 2019
Local das aulas: CAND – Centro de Artes Nós da Dança
Avenida Nossa Senhora de Copacabana 1138 – Copacabana, Rio de Janeiro – RJ
Informações: www.tapinrio.com.br
Inscrições no local do evento

Deixe uma resposta