Studio3 Cia. de Dança e Vera Lafer apresentam Orpheus, espetáculo com direção de José Possi Neto e criação coreográfica de Anselmo Zolla.

Orpheu - Foto Leandro Menezes_1
Foto: Leandro Menezes

Orpheus tem a participação em voz de Zizi Possi e Tiganá Santana e marca a volta aos palcos da bailarina Marilena Ansaldi, que foi solista do Balé Bolshoi e do Theatro Municipal de São Paulo. Em junho de 2016 o espetáculo será apresentado em Paris no Théâtre des Champs Elysées. Para quem não lembra, foi ao lado da Studio3 Cia. de Dança que a atriz Christiane Torloni se apresentou com o espetáculo ‘Teu Corpo É Meu Texto’.

Depois de apresentar os espetáculos “Paixão e Fúria – Callas, o mito” e “Martha Graham Memórias”, a Studio3 Cia. de Dança se propõe a um mergulho profundo sobre o mito de “Orfeu”.

Perdido entre as sombras e os sons noturnos em meio ao caos de uma grande metrópole como São Paulo, envolto pelo mistério da Amazônia e seu verde obsessivo…
Delirante no coração do carnaval do Rio de Janeiro, executante de uma dança visceral sob a possessão dos deuses africanos na Bahia de todos os santos…
Existe alguém destinado a reconduzir o mundo do caos à harmonia através da música.
Nós estamos à sua procura, desse Orfeu dos dias de hoje, que dança sob viadutos, embrenhado nas florestas, sobre o lixo das metrópoles, sob uma igreja de ouro barroca…
A música do nosso mais belo Orfeu, Antônio Carlos Jobim, deverá nos conduzir até ele, nos inspirar, assim como a poesia de Vinicius de Moraes e o talento dos grandes compositores como Gluck.
Mergulhados na noite escura que precede toda a criação, procuramos e invocamos Orfeu para nos reconduzir à luz.

FICHA TÉCNICA

Artista convidada: Marilena Ansaldi
Participação em voz: Zizi Possi e Tiganá Santana
Direção teatral: José Possi Neto
Direção coreográfica: Anselmo Zolla
Coreografia: Anselmo Zolla e elenco
Roteiro: José Possi Neto
Direção musical: Felipe Venâncio
Músicas: Christoph Gluck, Tom Jobim e Felipe Venâncio
Letras: Vinicius de Moraes
Cenografia : Casa Goia
Imagens: Karina Machado
Desenho de luz: José Possi Neto, Anselmo Zolla e Joyce Drummond
Figurinos: Fabio Namatame
Vídeo/ cenário: Estúdio Preto e Branco
Trechos do poema Paulicéia Desvairada de Mario de Andrade
Relações Públicas/ Convidados: Liège Monteiro e Luiz Fernando Coutinho
Assessoria de Imprensa: Liège Monteiro e Luiz Fernando Coutinho

SERVIÇO

Orpheus
Studio3 Cia. de Dança e Vera Lafer
De 23 a 25 de outubro de 2015
Sexta e sábado, às 21h, domingo, às 18h
Local: Teatro Sérgio Cardoso – Sala Sérgio Cardoso
Rua Rui Barbosa, nº 153 – Bela Vista – São Paulo/SP
Ingressos: R$ 60,00 (inteira) e R$ 30,00 (meia)
Informações: (11) 3288-0136
Classificação: livre
Duração: 1h10m – sem intervalo