Sessão “Pipoca com Ballet” #008: Sonho de uma Noite de Verão

Há aqueles repertórios que tem uma coreografia tida como um padrão a ser seguido. Muda-se uma coreografia ou a ordem das cenas, mas a base está ali. Entretanto, há peças que tem diversas interpretações: cada coreógrafo a transforma em uma obra única. Esse é o caso do repertório de hoje: Sonho de uma Noite de Verão.

Cena de The Dream (Sonho de uma Noite de Verão) – The Royal Ballet
Crédito: Johan Persson

Uma das obras-primas de Shakespeare, datada de meados da década de 1590, a história versa sobre desencontros amorosos em uma floresta povoada por seres encantados (fadas, elfos, duendes…). A partir de 1842, as encenações da peça de teatro ganharam músicas incidentais compostas por Felix Mendelssonh. Anos antes, o músico havia criado uma abertura em cima do tema, que foi incorporada a este novo trabalho. Tempos depois, foi feita uma suíte orquestral da obra. Certamente, a música mais conhecida é a Marcha Nupcial, amplamente utilizada em casamentos.

De tantas interpretações existentes, duas se destacam no meio da dança: a de George Balanchine, datada de 1962, e a de Frederick Ashton, datada de 1964. As duas foram concebidas em linguagem clássica, a diferença está no enfoque do enredo: Enquanto Balanchine conta a história de modo mais completo, em dois atos, Ashton intitulou sua versão como The Dream e a simplificou em apenas um ato.

De um jeito ou de outro, a narrativa é a mesma: Hérmia ama Lisandro, mas seu pai a obriga a se casar Demétrio, por quem Helena é apaixonada. Inconformados com a situação, Hérmia e Lisandro resolvem fugir para viver seu amor. Helena conta a Démetrio sobre a fuga do casal, pensando que assim ele se apaixonaria por ela. Entretanto, o jovem fica furioso e resolve ir buscar a sua noiva de volta, deixando Helena pra trás, desconsolada. Oberon, o rei dos duendes, se compadece da situação da moça e manda Puck, seu ajudante, pingar nos olhos de Demétrio o suco de amor-perfeito. Esse suco faz com que a pessoa se apaixone pela primeira coisa ou pessoa que olhar. Mas Puck acaba pigando o suco nos olhos do homem errado e isso acaba gerando uma tremenda confusão!
Enquanto isso, na floresta, Titania, a rainha das fadas, e Oberon discutem por causa de um pagem. Ele fica irritado por ela não lhe dar o menino, e manda Puck  pingar o suco de amor-perfeito nos olhos da fada, para lhe pregar uma peça.

O nosso parceiro Vídeos de Ballet Clássico tem várias montagens disponíveis, de ambas versões.

Produção de George Balanchine:

 

Pacific Northwest Ballet, 1999
Com Patricia Barker e Paul Gibson
Download

Teatro Alla Scala, 2007
Com Alessandra Ferri e Roberto Bolle
Download

Ópera de Paris, 2017
Com Eleonora Abbagnato e Hugo Marchand
Download

 

Produção de Federick Ashton:

 

The Royal Ballet, 1978
Com Merle Park e Anthony Dowell
Download

American Ballet Theatre, 2004
Com Alessandra Ferri e Ethan Stiefel
Download

The Royal Ballet, 2017
Com Akane Takada e Steven McRae
Download

Deixe uma resposta