Sesc Consolação recebe OUTROS CURITIBANOS – Um olhar sobre a cena curitibana de dança contemporânea

11 espetáculos (10 adultos e 1 infantil), 2 bate-papos e 2 oficinas. De 27 de setembro a 07 de outubro no Sesc Consolação. Um olhar sobre a cena curitibana de dança contemporânea por meio de espetáculos, oficinas e bate-papos. Um dispositivo de possibilidades para a discussão de legados, olhares, compartilhamentos e inquietações que se apresentam que forma tão pungente nos dias atuais.

Outros Curitibanos, panorama da cena curitibana de dança contemporânea que pretende estabelecer relações entre as produções e artistas oriundos da cidade, estará em cartaz no Sesc Consolação e entorno, no período entre 27 de setembro e 07 de outubro.

A abrangente programação, composta por onze espetáculos, dois bate-papos e duas oficinas, ocupará diversos espaços da unidade e do entorno, reforçando o papel da instituição no campo da circulação, difusão, reflexão e formação de público para a linguagem.

A produção local ligada às artes cênicas apresenta-se constantemente aquecida e revigorada pelas presenças da universidade, festivais e espaços de tradição ligados às artes do corpo. É neste emaranhado de ideias, modos e formas de se relacionar por meio da dança que nascem coletivos, artistas e narrativas que perpassam as mais diferentes formas, temas e públicos.

Nesse sentido, Outros Curitibanos apresenta-se como um dispositivo de possibilidades para a discussão de legados, olhares, compartilhamentos e inquietações que se apresentam que forma tão pungente nos dias atuais.

Materializada por meio de gestos, pausas e movimentos, a dança potencializa o lugar do corpo enquanto espaço/objeto político de contestação, aceitação, resistência e afirmação. O artista da dança relaciona-se com seu meio, seu tempo e seu entorno, convidando o público a participar ativamente na construção de sentidos, compondo uma das variáveis presentes na equação contemporânea da arte formada por artista, espectador e obra.

Programação

Espetáculos

27/9. Quarta, 20h | 16 anos.
Travesqueens
Com Erivelto Viana e Ricardo Marinelli.

Uma atitude que sublinha a performatividade de gênero e provoca os limites entre masculino e feminino. É um corpo-manifesto que explicita a violência de morte que hoje está debaixo do tapete.

28/9. Quinta, 20h | 18 anos.
Acalentando Corações
Com Darlene Lepetit.

Um modo de cruzar linguagens e comunicar sentidos, ideias e metáforas que não se estabilizam.

29/9. Sexta, às 20h | 16 anos.
Blink – mini uníssono intenso lamurio
Com Clara Saito e Michelle Moura.

A cada fechar e abrir das pálpebras das bailarinas mudanças acontecem, novas realidades florescem. Uma dança delirante para um mundo em transformação.

30/09. Sábado, às 18h | 16 anos.
La Lucha
Com Gabriel Machado, Gustavo Bitencourt, Leonarda Glück e Lucía Naser.

La Lucha acontece em clima de festa, de forma semelhante ao que acontece numa competição esportiva, ou num show de drag, por exemplo.

04/10. Quarta, às 20h | 16 anos.
Levante!
Com Fernando de Proença e Renata Roel.

É sobre empilhar, atravessar, derrubar, escapar, sentar e levantar. Pulsam no risco do que pode desabar a qualquer momento e na urgência de deslocar-se com quem está junto.

05/10. Quinta, às 21h.
Input
Com desCompanhia de Dança | 14 anos.

Como passado, presente e futuro atravessam o corpo do bailarino?

06/10. Sexta, às 20h | 16 anos.
Terrário
Com Maikon K.

Um corpo superexposto aos olhares, multiplicado em fragmentos e estilhaços, desdobrado em infinitos reflexos. Um corpo que se mostra e está confinado. Ânus

07/10. Sábado, às 18h | 18 anos.
O Ânus Solar
Com Maikon K.

Cria-se um universo nebuloso, em que o performer assume diferentes papéis e personas, criando e desmontando vozes e imagens.

Espetáculos – Grátis.

30/09. Sábado, 16h | Livre | Praça Rotary
Coreografia estudo#1
Coreografia: Michelle Moura. Com Bernardo Stumpf, Bia Figueiredo, Cândida Monte, Thaisa Marques.

Padrões numéricos e desenhos geométricos são os dispositivos que produzem movimento e relação entre 4 bailarinos.

07/10. Sábado, 16h | Entrada da unidade.
Rasura
Com Luciano Faccini.

Aquilo que perfura o sentido comum do que consideramos legível e do que nos é oferecido como tal. O corpo palavra rasurado abre caminho para outras possibilidades de eloquência.

Intervenção – Grátis.

28/09. Quinta, 18h | Praça Rotary | Livre
Não alimente os animais
Com Ricardo Marinelli.

Princesa Ricardo é uma travesqueen de rua, que atua durante o dia. Ela evidencia o tratamento zoológico que é dado ao corpo travesti e/ou transexual. O chão, a calçada, a rua, a beleza, a violência, a venda. Tudo converge para um corpo que não anda, mas rasteja.

Oficinas – Grátis.

(Inscrições na Central de Atendimento a partir do dia 19/09. 16 anos.)

25 a 29/09. Segunda a sexta, das 10h às 13h
Transperformance Coletiva
Com Ricardo Marinelli e Erivelto Viana.

Laboratório criativo onde pessoas irão criar ou aperfeiçoar uma persona trans, a partir de sessões de trabalho de montagem de próteses, maquiagem, noções básicas de moda pessoal e dança. Todo esse processo de aprendizado, montagem e ensaio são considerados como uma grande performance coletiva.

02 a 04/10. Segunda a quarta, das 14h às 17h.
Corpo e políticas de enfrentamento – Modos de Criação em Rede
Com Gabriel Machado, Gustavo Bitencourt e Lucía Naser.

O laboratório parte do desejo de aprofundar questões que nortearam tanto o processo criativo do espetáculo La Lucha, bem como discutir, dançar, escrever e pensar táticas de “dancificação” da política a partir de uma reflexão constante.

Bate-papos – Grátis

(Ingressos 1h antes na Central de Atendimento. 16 anos.)

29/09. Sexta, das 15h às 17h.
Gênero, diversidade e ativismo na cena contemporânea
Com Ricardo Marinelli, Erivelto Viana, Wellington Guitti, Gustavo Bitencourt, Leonarda Glück. Mediação: Miro Spinelli.

Artistas e pesquisadores discutem a presença das questões de gênero, diversidade e ativismo nas produções de dança contemporânea, entendendo o corpo como um espaço político para a construção e afirmação de valores, posicionamentos e questionamentos sociais.

05/10. Quinta, das 15h às 17h.
Cena Curitibana
Com Cândida Monte, Luciano Faccini, Gabriel Machado, Renata Roel, Fernando de Proença, Cindy Napoli, Juliana Adur, Maikon K. Mediação Gladis Tridapalli.

Artistas, produtores e pesquisadores discutem a cena curitibana de dança contemporânea e o papel dos grupos coletivos de artistas na criação, mapeamento e difusão das produções locais.

Espetáculo Para Crianças

07/10. Sábado, 11h | Livre
DESCOBRINDO PLAFTPET
Com desCompanhia de Dança. R$ 17,00. R$ 8,50 (meia). R$ 5,00 (credenciados).

PLAFTPET é um lugar encantado, onde coisas esquisitas se transformam em coisas muito legais e divertidas. Um dia, os GRUNS, que são seres de outro mundo, caem de paraquedas nesse planeta e embarcam em uma grande aventura.

Crédito da foto: Cena de La Lucha | Foto: Alessandro Persichetti

Serviço

OUTROS CURITIBANOS
De 27 de setembro a 07 de outubro
Local: Sesc Consolação – Teatro Anchieta
Rua Dr. Vila Nova, 245 – Vila Buarque – São Paulo/SP
Ingressos: R$ 17,00. R$ 8,50 (meia). R$ 5,00 (credenciados)
Programação Grátis – Retirada de ingresso com 1h de antecedência
Informações: (11) 3234-3000 | www.sescsp.org.br/consolacao

Deixe uma resposta