Pedra, de Ivna Messina, estreia no Viradão Cultural de Vitória

Inserida na programação do Viradão Cultural de Vitória, a estreia do espetáculo de dança “Pedra” acontecerá no dia 7 de setembro (sexta), às 16h, na casa da Má Companhia, no Centro de Vitória, com entrada gratuita. “Pedra” também terá apresentações sábado e domingo, às 19h, com ingressos pagos. Com direção e coreografia de Carla van den Bergen, o novo solo da bailarina Ivna Messina fala de diferentes estados da pedra, desde as placas tectônicas – as maiores pedras existentes na Terra e responsáveis pelos relevos – até chegar ao grão, à unidade, passando por cordilheiras, penedo, seixos, entre outros, relacionando os eventos geológicos à realidade humana, mais especificamente, a algumas formas de ser mulher no mundo atual. “Pedra” seguirá em temporada durante todos os finais de semana de setembro.

“Essa relação também surgiu ao pensar em como o mundo faz a gente embrutecer, em como a gente vai se contraindo e se fechando pelas ações exercidas sobre nós, de violência, intromissão, opressão, manipulação. A ideia é nos aproximar dos estados da pedra, entendê-los e ver como se relacionam com o movimento do corpo e com a mulher”, explica Ivna.

A convite da própria bailarina, os caminhos de criação foram conduzidos dentro de uma proposta cênica e coreográfica dirigida por Carla van den Bergen, observando quais movimentos e estados emocionais cada estado da pedra sugeria.

“Foram dois caminhos de criação: a procura do estado corporal – e, consequentemente, do movimento, da velocidade, do desenho – e o exercício livre de criação que nos levasse ao poético, partindo da descrição desses estados da pedra”, pontua Carla.

Pedra é Rock

Segundo trabalho solo de Ivna Messina, “Pedra” conta com trilha sonora da multi-instrumentista e integrante da banda capixaba My Magical Glowing Lens Gabriela Deptulski, que participa ao vivo das apresentações. “Eu já estava com vontade de trabalhar com o Rock e também pensava em como outro ritmo e outra estética sonora modificariam o meu corpo. Além disso, a Gabriela faz um som bem psicodélico, e isso também tem a ver quando a gente fala de natureza, geologia, de um lugar que é fora desse nosso tempo”, conta Ivna.

Em seu trabalho anterior, “Bom Sujeito” (2016), que também conta com trilha especialmente composta para o espetáculo, a bailarina explora sua sólida trajetória no Flamenco, mesclando essa cultura com a do Samba e do carnaval. Já em “Pedra”, Ivna se distancia um pouco mais dessa linguagem e utiliza a Dança mais livremente. “Em ‘Bom Sujeito’, o Flamenco está muito visível, e, em ‘Pedra’, ele aparece porque meu corpo é moldado por essa prática, mas o trabalho foi por outro caminho”, aponta.

“Pedra” foi contemplado com recursos do Funcultura através do edital 021/2017 de Produção de Espetáculos de Dança da Secretaria de Estado da Cultura do Espírito Santo.

Sobre Ivna Messina

A bailarina Ivna Messina tem formação em dança contemporânea, artes visuais, teatro e dança flamenca – à qual se dedica há mais de 15 anos. Desenvolve uma pesquisa autoral com o projeto “Isso não é Flamenco”, que, desde 2012, coloca essa arte em diálogo com outras linguagens, além de construir propostas em processo com artistas de outras áreas. Estreou seu primeiro espetáculo solo, “Bom Sujeito”, em 2016. É também integrante do Grupo Z de Teatro e diretora convidada de outros grupos e coletivos, além de idealizadora do portal Dança no ES e do grupo de estudos Diálogos com a Dança, este último em parceria com Flávia Dalla Bernardina. Atualmente, desenvolve sua pesquisa no curso de Especialização em Estudos Contemporâneos em Dança na UFBA.

Sobre Carla van den Bergen

Carla van den Bergen tem ampla formação em dança contemporânea. Diretora do Grupo Z de Teatro, é também especialista em Arte e Educação, além de bailarina, atriz, produtora e iluminadora. Atua como professora nas áreas de dança e teatro há quase 30 anos, tendo sido professora de dança contemporânea, expressão corporal, dança-teatro, dança clássica, dança para crianças, técnicas teatrais, preparação corporal para atores e bailarinos, iluminação, além das disciplinas específicas das instituições em que lecionou.

Ficha Técnica

Coreografia e Direção: Carla van den Bergen
Bailarina: Ivna Messina
Trilha sonora: Gabriela Deptulski
Direção de arte: Joyce Castello
Direção de produção: Ivna Messina
Produção executiva: Luiz Carlos Cardoso
Assessoria de imprensa: Patricia Galleto

Crédito da foto: Divulgação/Joyce Castello

Serviço

Pedra
Solo de Ivna Messina
Dias 07, 08 e 09 de setembro de 2018
Sexta, às 16h, Sábado e domingo, às 19h
Local: Casa da Má Companhia
Rua Professor Baltazar, 150 – Centro de Vitória, Vitória – ES
(prox. à Catedral Metropolitana)
Ingresso: R$ 20 e R$ 10 (meia) | No dia 07 a entrada é gratuita
Classificação: 14 anos.

Deixe uma resposta