Mostra ‘Irmãos Maysles – a disciplina do olhar’ traz documentários em homenagem a grandes nomes da dança

A dança é um dos temas recorrentes nos trabalhos de Albert e David Maysles, que ganham mostra inédita no Brasil de 30 de novembro a 13 de dezembro, no Caixa Belas Artes, em São Paulo. “IRMÃOS MAYSLES – A DISCIPLINA DO OLHAR“ exibirá 30 filmes, entre curtas, médias e longas, e promoverá debate e masterclass. Entre os filmes que serão exibidos, três deles são dedicados a personagens importantes da dança. A mostra tem o patrocínio da CAIXA e do Governo Federal.

“ANASTASIA” (1962) é um dos primeiros filmes da dupla pioneira do Cinema Direto. Produzido para a emissora amercicana NBC no auge da Guerra Fria, o doc aborda a vida da bailarina do aclamado Ballet Bolshoi Anastasia Stevens. Em “ACCENT ON THE OFFBEAT” (1994), o foco é o contraste – do temperamento, estilo e processo criativo – do virtuoso trompetista Wynton Marsalis e do coreógrafo Peter Marting.

“SALLY GROSS – THE PLEASURE OF STILLNESS” (2007) é uma cinebiografia sobre a vida e obra da aclamada dançarina e coreógrafa nova-iorquina Sally Gross, que esteve envolvida em inúmeros movimentos artísticos nos últimos 50 anos e ainda hoje influencia as novas gerações.

Pioneiros do Cinema Direto, nas décadas de 60 e 70, Albert e David Maysles surgiram como uma revolução estilística no gênero. Apoiados principalmente nas novas técnicas disponíveis, eles propunham uma captação da realidade no seu estado mais puro, aproveitando do uso de uma câmera móvel no ombro e do som direto. O objetivo era retratar o mundo real como se a câmera não estivesse presente, criando uma liberdade para filmar que, até então, não se tinha.

Além da exibição de filmes, a mostra discutirá o pensamento do Cinema Direto e suas implicações nas produções contemporâneas. O dramaturgo e escritor Jonathan B. Vogels dará a masterclass sobre a filmografia dos irmãos Maysles. Autor do livro The Direct Cinema of David and Albert Maysles, a maior publicação inteiramente dedicada à obra dos cineastas nos EUA, Vogels discutirá a trajetória da dupla e o Cinema Direto.

O documentarista João Moreira Salles se junta à doutora em Cinema Patrícia Mourão no debate “Nem moscas nem paredes: empatia e dramaticidade no cinema dos Irmãos Maysles” para discutir o Cinema Direto, com foco na obra dos cineastas, e seus desdobramentos.

A mostra tem curadoria de Angelo Defanti, Felippe Mussel e Nina Kopko, realização da Boulevard Filmes com apoio do Maysles Films, instituto que preserva a filmografia dos irmãos Maysles.

Programação

30/11, quinta-feira

16h: Christo’s Valley Curtain (1974), 28′ + Christo in Paris (1990), 58′
18h30: The Gates (2007), 94′

1/12, sexta-feira

16h: Muhammad and Larry (1980), 27′ + Showman (1963), 53′
18h30: The Beales of Grey Gardens (2006), 90′

2/12, sábado

16h: Masterclass Jonathan Vogels – “O duradouro legado dos irmãos Maysles”
23h30: Gimme Shelter (1970), 91′ – Exibição especial em 35mm

3/12, domingo

16h: Grey Gardens (1976), 94′
18h30: Caixeiro-Viajante (1969), 90′

4/12, segunda-feira

16h: With love from Truman (1966), 29′ + Jessye Norman Sings Carmen (1989), 57′
18h30: Sessão de Curtas: Psychiatry in Russia (1955), 13′ + Safari Ya Gari (1961), 10′ + Anastasia (1962), 8′ + Orson Welles in Spain (1963), 10’ + IBM: A Self Portrait (1964), 35′ + Cut Piece (1966), 8′ + Meet Marlon Brando (1966), 27′ + Russian Close-Up (1957), 33′

5/12, terça-feira

16h: Iris, uma vida de estilo (2014), 80′
18h30: What’s Happening! The Beatles in the Usa (1964), 70′

6/12, quarta-feira

16h: Horowitz Plays Mozart (1987), 50′ + Ozawa (1985), 56′
18h30: Accent on the Offbeat (1994), 56′ + Sally Gross – The Pleasure of Stillness (2007), 52′

7/12, quinta-feira

16h: Running Fence (1978), 57′ + Islands (1986), 56′
18h30: Umbrellas (1994), 81′

8/12, sexta-feira

16h: Vladimir Horowitz: The Last Romantic (1985), 88′
18h30: Soldiers of Music: Rostropovich Returns to Russia (1991), 88′

9/12, sábado

16h: Sessão de Curtas: Psychiatry in Russia (1955), 13′ + Safari Ya Gari (1961), 10′ + Anastasia (1962), 8′ + Orson Welles in Spain (1963), 10’ + IBM: A Self Portrait (1964), 35′ + Cut Piece (1966), 8′ + Meet Marlon Brando (1966), 27′ + Russian Close-Up (1957), 33′
18h30: Grey Gardens (1976), 94′
23h30: What’s Happening! The Beatles in the Usa (1964), 70′

10/12, domingo

16h: Christo’s Valley Curtain (1974), 28′ + Christo In Paris (1990), 58′
18h30: Muhammad and Larry (1980), 27′ + Showman (1963), 53’

11/12, segunda-feira

16h: Accent on the Offbeat (1994), 56′ + Sally Gross – The Pleasure of Stillness (2007), 52’
18h30: The Beales Of Grey Gardens (2006), 90′

12/12, terça-feira

16h: Caixeiro-viajante (1969), 90′
18h30: Debate Nem moscas nem paredes: empatia e dramaticidade no cinema dos Irmãos Maysles, com João Moreira Salles e Patrícia Mourão, e mediação de Felippe Mussel.

13/12, quarta-feira

16h: With love from Truman (1966), 29′ + Jessye Norman Sings Carmen (1989), 57′
18h30: Gimme Shelter (1970), 91′

Ficha técnica

Realização: Boulevard Filmes
Coordenação Geral: Letícia Friedrich
Curadoria: Angelo Defanti, Felippe Mussel e Nina Kopko
Produção: Henrique Schuck
Produção Executiva: Letícia Friedrich e Lourenço Sant’Anna
Design Gráfico: Marcellus Schnell
Assistente de Produção: Alessandro Danielli
Revisão de texto: Felippe Mussel
Masterclass: Jonathan B. Vogels
Debatedores: Angelo Defanti, Felippe Mussel, João Moreira Salles e Patrícia Mourão
Tradução e legendas: All Dubbing
Legendagem eletrônica: Grupo 4Estações
Vinhetas: Alessandro Danielli
Site Diversa: Silvana Andrade
Patrocínio: CAIXA e Governo Federal
Facebook da mostra: fb.com/mostramaysles

Crédito da foto: Sinny Assessoria e Comunicação (Sinny Assessoria) | Horowitz Plays Mozart

Serviço

Mostra Irmãos Maysles – a disciplina do olhar
De 30 de novembro até 13 de dezembro de 2017
Domingo a sexta, às 16h e 18h30, Sábado, às 16h, 18h30 e 23h30
Local: Caixa Belas Artes – Sala Aleijadinho
Rua da Consolação, 2423 – Consolação – São Paulo/SP
Site da mostra: www.mostramaysles.com.br
Ingressos: R$10,00 inteira, R$5 meia e R$35,00 passaporte para todos os filmes da mostra
Bilheteria: Das 13h até 20 minutos após o início da última sessão.
Telefones: (11) 2894-5781
Lotação: 144 lugares
Classificação: Consultar programação
Acesso para pessoas com deficiência

Deixe uma resposta