Marta Soares realiza conversa sobre O Banho na Programação especial YAYÁ 130 ANOS

Marta Soares - O Banho

No dia 14 de fevereiro, a bailarina Marta Soares conversará com o público sobre sua instalação O Banho (Prêmio APCA 2004) que traz uma reflexão sobre as questões propostas a partir da história real de Sebastiana de Mello Freire, Dona Yayá: mulher da elite paulistana diagnosticada doente mental que passou a maior parte de sua vida isolada na casa da rua Major Diogo, no bairro da Bela Vista (São Paulo-SP), cujos cômodos foram adaptados para o ambiente de um hospital psiquiátrico privado.

A vídeo performance será comentada pela artista que abordará os processos de composição e desenvolvimento da obra além dos temas que englobam o seu significado, deixando fluir ou pausando a apresentação quando necessário. A instalação O Banho é, sobretudo, um memorial para a conscientização da resistência de Dona Yayá, mas também um ritual de limpeza e cura dedicado às mulheres que viveram ou vivem situações semelhantes às dela.

Marta Soares é bailarina, coreógrafa e performer. Bacharel em Artes (BA) pela State University of New York, mestre em Semiótica e doutora em Psicologia Clínica pela PUC/SP onde lecionou no Artes do Corpo e Crítica e Curadoria entre 1999 e 2012. Criou as obras: “Les Poupées” (APCA 1997), “Formless” (APCA 1998), “O Homem de Jasmim” (APCA 2000), “O Banho” (APCA 2004), “Um corpo que não agüenta mais” (2007), “Vestígios” (APCA 2010) e Deslocamentos (20013/2016).

FICHA TÉCNICA

Concepção, Direção e Performance: Marta Soares
Desenho de Som: Lívio Tragtenberg
Desenho de Luz: Wagner Pinto
Câmeras: Marta Soares, Helio Ishii e Nelson Enohata
Edição e Finalização do Vídeo: Leandro Lima
Fotos: João Caldas
Produção: Cais Produção Cultural
Direção de Produção: José Renato Fonseca de Almeida
Assistente de Produção: Beto de Faria

SERVIÇO

O Banho – Conversa
Marta Soares
Dia 14 de fevereiro de 2017
Terça, às 19h
Local: Centro de Preservação Cultural da USP – Casa de Dona Yayá.
Rua Major Diogo 353, Bela Vista – São Paulo/SP
Ingressos: Grátis
Capacidade: 40 lugares.