King Charles vem ao Rio para intercâmbio com dançarinos de Passinho de Manguinhos

A partir do dia 10 de janeiro, a Ocupação Desmistifique sua Dança promove um intercâmbio artístico internacional inédito em que recebe, no Rio de Janeiro, reconhecidos nomes da dança de rua dos EUA para uma temporada de vivências, workshops e reflexões sobre as vertentes das danças urbanas contemporâneas.

O mundialmente conhecido dançarino e coreógrafo de Chicago, King Charles, que vem pela primeira vez ao país, é um dos destaques da programação. Especialista no Footwork (Chicago) e professor reconhecido também de Lite Feet (Nova Iorque), King Charles virou febre nos EUA e internacionalmente, e participa dos cinco primeiros dias da residência artística. Ele ainda promove uma aula de Footwork aberta ao público no dia 10 de janeiro, às 20h após a aula de House Dance, com Hugo Oliveira às19h, sendo o investimento das duas aulas no valor de R$ 50 até dia 09/1 e de R$ 60 no dia 10/1. Aulas avulsas terão custo de R$ 45.

O intercâmbio internacional recebe ainda dançarinos de Nova Iorque do projeto It’s Show Time NYC! que vão compartilhar a residência com os dançarinos de Passinho de Manguinhos/RJ – os Imperadores da Dança e dançarinos e Bboys de Curitiba. O objetivo é o de vivenciar, dar workshop e trocar experiências sobre as realidades urbanas que envolvem as danças das ruas em todo o mundo auxiliando em um processo de reflexão e formação de jovens praticantes de danças não institucionalizadas. A coreógrafa Mai Lê Grooves, do ITS SHOW TIME NYC! Ministrará aula de House Dance no dia 19/01, às 19h30 e os dançarinos do mesmo grupo, Soho e Klassic estarão oferecendo workshops do estilo Flexn, nos dias 19/01 e nos dias 20/1, respectivamente. Para estes três workshops o Projeto promove a “participação consciente” onde cada inscrito paga ou oferece o valor que puder ou entender pertinente. Soho e Klassic, os dois dançarinos do ITS SHOW TIME NYC! estarão se apresentando no Largo do Machado, em frente a estação de metrô, na sexta-feira, dia 12/1, às 18h30 e, no domingo dia 14/1, repetindo a apresentação no Teatro Cacilda Becker, às 19h30. Na rua ou no teatro, a dança desse grupo nova-iorquino poderá ser vista gratuitamente.

Idealizadora do projeto, a coreógrafa e dançarina Marila Velloso, de Curitiba, afirma que a mostra e a residência artística inédita abre o olhar para a troca de experiências entre grupos e artistas que vivenciam, na vida e na arte, a mesma situação proveniente das ruas só que em países diferentes. Ao mesmo tempo, Velloso destaca a importância do Edital de Ocupação do Teatro Cacilda Becker/2017 que possibilitou esta primeira articulação do Projeto com apoio da Coordenação de Dança da Funarte viabilizando essa importante troca, já que para ela, olhar para essa nova geração de jovens é fundamental para a construção e viabilização da dança: “Valorizar quem emerge das ruas de pé descalço e tem o direito de entrar no teatro e nas instituições de pés descalços. É essa dança que traz uma realidade nacional completamente descalçada e é com ela que a gente quer trabalhar, estar junto e fazer dança”, destaca Velloso.

Hugo Oliveira, que também assume a organização do projeto, ainda destaca a importância dos projetos sociais para a capacitação e alinhamento desses jovens, que têm em comum as mazelas sociais e a perseguição em relação a forma de se expressarem nas ruas por meio da dança: “Fazer aulas, se capacitar, ter um espaço para compartilhar e ter acesso a outras referências e estilos de dança proporcionam vivências por onde esses jovens começam a compreender por onde traçar o percurso profissional, conclui.

O dançarino King Charles já trabalhou com nomes como Madonna e Will I Am (Black Eyed Peas)

A residência ainda conta com um dos maiores especialistas em Hip Hop Dance do Brasil, o paulista Henrique Bianchini, dançarino, coreógrafo e pesquisador que acumula 20 anos de envolvimento com as Danças Urbanas Estadunidenses. Bianchini acompanhará o processo da residência trazendo provocações, aulas e produzirá conteúdos específicos sobre essas confluências. Soma-se a esses nomes Ângelo Madureira com aulas de Frevo, enriquecendo os residentes com um tempero nordestino, e que ministrará uma aula aberta ao público e gratuita, no dia 11/1, às 19h. Do mesmo modo, o BBoy Kapu estará na residência com workshops de Capoeira e Acrobacias, e com uma aula aberta ao público e gratuita, no dia 17/1, às 19h30. No dia 12/1, às 20h, a apresentação artística do Rio Hop Samplers. Todas estas atividades da residência artística e programação são coordenadas por Marila Velloso, artista da dança, pesquisadora e professora do curso de Dança da UNESPAR, em Curitiba e por Hugo Oliveira, mestre em Cultura e Territorialidades pela UFF com pesquisa sobre a Dança Passinho. Marila e Hugo junto a Mai Lê Groove e Fabiano Carneiro, ainda debaterão um tema importante para a dança no país e para o projeto, no dia 14/1, às 20h que é sobre modos de capacitar e promover a formação continuada em dança para jovens artistas. A residência artística encerra com mostras do processo artístico dos residentes, nos dias 20 e 21 de janeiro, às 20h e às 19h, respectivamente, com entrada gratuita.

A ocupação Desmistique sua Dança segue até 21 de janeiro no Teatro Cacilda Becker. Detalhes da programação podem ser acompanhados pela página do evento: ocupacaodesmistifique/facebook. As inscrições para os workshops, dúvidas e informações podem ser solicitadas pelo e-mail ocupacaodesmistifique@gmail.com.

King Charles

Nascido e criado no lado sul de Chicago, King Charles descobriu o footwork aos 14 anos de idade. Junto com outros três amigos do bairro, decidiu perseguir o estilo e a cultura desse estilo de dançar e montou o Creative, que se tornou um dos mais conhecidos e respeitados grupos de footwork de todos os tempos, chegando a quadriplicar o número de integrantes e se ampliar para Los Angeles-Japão-Atlanta-Polônia. Anos mais tarde, tornou-se Diretor Artístico e um membro original da renomada companhia de dança de Chicago, The FootworKINGZ administrado por Lady Sol. A empresa ganhou reconhecimento mundial por seu talento e habilidade excepcional no estilo de footwork e agora está compartilhando esse estilo, uma vez desconhecido, com as massas. O FootworKINGZ apareceu em grandes programas de televisão, incluindo America’s Got Talent e America’s Best Dance Crew. King Charles viaja ao mundo compartilhando sua arte, conhecimento e talento lutando no circuito internacional e tem uma riqueza de performance e coreografia em shows, vídeos musicais, filmes e televisão. Ele ainda é um professor bem estabelecido e também lidera inúmeras oficinas em suas viagens na esperança de um grande futuro brilhante para sua equipe e cultura. King Charles trabalhou com muitos artistas importantes incluindo Madonna e Will.I.Am e continua a mostrar ao mundo os motivos pelos quais ele é único e afunda o público com sua energia e criatividade.

Its Show Time NYC

Its Showtime NYC foi criado em 2015 no sul do Bronx. O objetivo do programa é fornecer uma infra-estrutura de apoio e desenvolvimento para dançarinos de rua e metrô em Nova York, assim como defender o valor do hip-hop como uma forma de arte e estilo de vida poderoso e expressivo, buscando também criar carreiras viáveis, remunerativas e legais nas artes para bailarinos de rua e do metrô. O Its Showtime NYC apresenta seu trabalho regularmente em parques e espaços públicos, além de importantes festivais comunitários, como por exemplo, SummerStage, Children’s Aid Society, Times Square Arts, FIAF Instituto Francês Alliance Francaise, The Bronx Museum of The Arts, El Museo Del Barrio, Casita Maria e South Bronx Culture Trail, Van Alen Institute, BRIC, Madison Square Park, Bronx Coworks e Bronx Culture Collective, OZY Fest. Os shows geralmente incluem um conjunto de trabalhos coreografados e alguns freestyle, às vezes acompanhados por uma oficina interativa com crianças e famílias. As performances geralmente duram entre 10 e 30 minutos, mas nos parques as intervenções duram até quatro horas. O grupo conquistou reconhecimento internacional, dançando e apresentando reflexões sobre as danças das ruas em várias partes do mundo.

Henrique Bianchini

Considerado um dos maiores especialistas em Hip Hop Dance do país, Henrique Bianchini acumula 20 anos de envolvimento com as Danças Urbanas Estadunidenses. Formado em Educação Física pela UNESP, o pesquisador atua constantemente como jurado em festivais competitivos, além de ministrar workshops e palestras nos principais eventos relacionados a Street Dance no Brasil. Diretor da empresa Urbaninhos Dança e Eventos, voltada ao treinamento de professores e agenciamento de aulas de dança para o público infanto-juvenil. Professor há 13 anos da prestigiada Casa da Dança Tati Sanchis em São Paulo. Co-criador do site Dança em Mapa.

Klassic

Joseph “Klassic” Carella cresceu nas ruas do Brooklyn, NY. Como artista ele procura fazer a diferença em sua comunidade assim como no mundo. Estreou em shows como no So You Think You Can Dance, Showtime At The Apollo, World Of Dance, Alvin Ailey, Park Avenue Armory: “Flexn”, P.B.S Third Rail with Ozy, B.E.T Awards e em muitos outros. Atualmente está forçando as fronteiras com a Cultura e estilo do “Flexn”, ministrando workshops e performando pelo mundo. Klassic trabalha com Regg Roc & The D.R.E.A.M.RING (um grupo de Flexn) & It’s Showtime NYC! para contribuir com a comunidade e ampliar uma consciência cultural. Esse é o começo para ele que continua sua jornada para sua evolução artística.

Soho

Jonathan Mac Donald também conhecido como “Soho Da Flyest “ começou a dançar em 2012, com a idade de 21 anos. Treinou intensamente por dois anos no estilo denominado “FlexN”, u estilo baseado no Brooklynque foi inspirado pela Cultura de dança Jamaicana do início dos anos 2000. Soho agora se especializa no Connecting & Bone aspectos da dança do breaking.

Em 2015, Soho foi premiado como melhor dançarino pelo R&B Artist Ciara on BET’s 106 & Park show. Nesse mesmo ano, ele apresentou-se e apareceu no vídeo Dj Eva Shaw Moxie’s que gerou mais de meio milhão de visualizações. Em 2016, Soho participou de um tour Universitário com um artista do hip hop de Boston hip hop, Devyn Rose. Então, viajou para a China por três meses com Dr Oscar.

Em 2017 integrou uma companhia para dançarinos de rua para estar fora de problemas e das ruas denominada It’s Showtime NYC! Com eles se apresentou no Apollo Theater durante a Breakin’ Convention Festival e no Weeksville Heritage Center para o Festival Crossing The Line, assim como ministrou worjkshops através da Plataforma Airbnb Experience ou para companhias como a Kickstarter.

Crédito da foto: Glen Co Photography | King Charles

Serviço

Mostra Desmistifique sua Dança
De 10 a 21 de janeiro de 2018
Local: Teatro Cacilda Becker
Rua do Catete, 338 – Catete – Rio de Janeiro/RJ
Ingresso: gratuita*
(*exceto no dia 12/01 para apresentação artística às 20h do Rio Hop Samplers com entrada a R$ 10,00 e meia entrada a R$ 5,00)
Informações: Facebook.com/ocupacaodesmistifique

Workshops

Dia 18/01 – quinta-feira
19h às 20h 15 – workshop House Dance com Mai Lê Grooves
www.mailegrooves.com

Dia 19/01 – sexta-feira
18h30 às 19h30 – workshop Flexn, com SOHO
20h – mostra final residencia

Dia 20/01 – sábado
18h30 às 19h30 – workshop Flexn, com KLASSIC
20h – mostra final residência

Deixe uma resposta