Ismael Ivo visita grupos de dança orientados pelo Programa de Qualificação em Artes

Foto: Divulgação

Durante cinco dias, curador do Programa, um dos principais nomes da dança contemporânea, irá percorrer sete cidades do estado de São Paulo e acompanhar 10 companhias da dança.

O bailarino e coreógrafo Ismael Ivo se dedica a investigar os movimentos do corpo a partir da dança há mais de 30 anos. Além de diretor do Balé da Cidade de São Paulo, ele também atua como curador artístico de dança do Programa de Qualificação em Artes, que em 2017 completa 20 anos. Ivo costuma acompanhar de perto os processos artísticos em orientação, por isso, visitará pela segunda vez este ano os 10 grupos participantes desta edição, a partir do dia 21 de julho.

A proposta do Programa de Qualificação em Artes é de personalizar o processo de orientação por meio das visitas que traçaram o perfil de cada grupo no início da edição. Nesta visita, o curador ainda irá proporcionar um laboratório coreográfico a partir do material criado por cada companhia. Durante cinco dias, Ismael irá percorrer sete cidades do Estado: São Paulo, Tatuí, Piracicaba, Campinas, São José dos Campos, Limeira e Barra Bonita.

Ismael Ivo, é hoje um importante nome da dança teatral europeia, criou o ImPulsTanz, renomado festival de dança contemporânea em Viena e esteve à frente do setor de dança da Bienal de Veneza (2005 a 2012). Ismael vê o corpo como catalisador social e político. Sua maneira de pensar arte e movimento está alinhada com as propostas do Programa de Qualificação em Artes. Um dos grandes diferenciais do projeto é promover a prática artística a partir da perspectiva do contexto do grupo, valorizando e fomentando a formação de público e a vida cultural das comunidades.

“Ao fazer a curadoria, eu oriento as companhias a virem com uma proposta maior. Incentivamos os grupos a traduzirem, ampliarem e fazer novas leituras do mundo. A dança tem que se aproveitar do momento atual e ser um registro crítico do cotidiano”, conclui.

O Programa de Qualificação em Artes é um projeto das Oficinas Culturais, instituições da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, gerenciada pela Poiesis.

Programação

Dia 21/07

SÃO PAULO
10h00 – Encontro com Cia. Viela de Registro na Oficina Cultural Oswald de Andrade.

Dia 22/07

TATUÍ (Sede da Cia Rit’s)
09h00 – Compartilhamento Cia Rit’s de Tatuí
12h30 – Intervalo
14h00 – Compartilhamento Cia Abayomi’n Dança Afro-Brasileira de Sorocaba

PIRACICABA
19h30 – Compartilhamento Cia Rogéria Zago de Piracicaba

Dia 23/07

CAMPINAS
10h00 – Compartilhamento Cia Eclipse Cultura e Arte de Campinas

SÃO JOSÉ DOS CAMPOS
18h00 – Compartilhamento Núcleo Experimental de Dança e Teatro de S. J. DOS CAMPOS

Dia 24/07

LIMEIRA
10h30 – Compartilhamento Harmonia Grupo de Dança de Limeira

BARRA BONITA
18h30 – Compartilhamento Grupo Experimental Roda Viva de Barra Bonita

Dia 26/08

CAMPINAS
09h30 – Compartilhamento Cia. De dança Stylo Black de Tupã
13h30 – Intervalo
15h00 – Compartilhamento Grupo A2 de Pereira Barreto

Quem é Ismael Ivo

Iniciou sua carreira como coreógrafo e bailarino no Brasil nos anos 70. Criou cerca de 50 coreografias em diversos países do mundo, sendo considerado um dos importantes nomes da Dança Teatral europeia. De 2005 a 2012 dirigiu o Festival de Dança da Bienal de Veneza. É diretor artístico do ImPulsTanz em Vienna e criador do Projeto Biblioteca do Corpo. Atua também como professor convidado da Max-Reinhardt Seminar, na Universidade de Música e Artes Performáticas de Vienna, é Diretor Artístico do Prêmio Roma de Coreografia Contemporânea. O reconhecimento da produção e do percurso cultural de Ismael Ivo aconteceu em 2010 por meio da Ordem do Mérito Cultural do Brasil. Atualmente é diretor do Balé da Cidade de São Paulo.

Sobre o Programa de Qualificação em Artes

O Programa de Qualificação em Artes tem como ação principal a orientação artística a grupos, companhias ou coletivos de teatro e de dança no interior, litoral e região metropolitana de São Paulo, exceto capital. A orientação artística visa à valorização desses grupos, fomentando a formação de público e a vida cultural das comunidades que não dispõem de escolas ou cursos na área artística, fortalecendo assim a produção cultural local. Este Programa é resultado da experiência do Projeto Ademar Guerra, projeto de orientação artística a grupos de teatro, criado em 1997, referência de política pública de formação artística.

Sobre a POIESIS

A POIESIS – Organização Social de Cultura é uma organização social que desenvolve e gere programas e projetos, pesquisas e espaços culturais, museológicos e educacionais voltados para a formação complementar de estudantes e do público em geral. A instituição trabalha com o propósito de propiciar espaços de acesso democrático ao conhecimento, de estímulo à criação artística e intelectual e de difusão da língua e da literatura.