Intercâmbio entre Amsterdam e Goiânia norteia projeto Pontuação do Objeto

Intercâmbio cultural entre Holanda e Brasil. Pluralidade de linguagens. Fazer cênico. Desde 2017 o artista Duda Paiva, goiano radicado em Amsterdam há mais de 20 anos, promove a residência Pontuação do Objeto, no Centro Cultural UFG. Com foco no teatro físico de formas animadas, o terceiro bloco já está com as inscrições abertas e acontece de 10 a 21 de setembro. Podem se inscrever diversos profissionais ligados ao teatro, dança, corpo, circo, educadores e alunos ainda em formação.

Através da parceria entre a Duda Paiva Company, a Universidade Federal de Goiás (UFG) e a Universidade Estadual de Goiás (UEG), o projeto une de uma só vez pesquisa, formação e extensão em diferentes linguagens do corpo e das artes cênicas. A Pontuação do Objeto dá foco na profissionalização da metodologia baseada no diálogo entre dança contemporânea com o professor Kleber Damaso, voz e canto com Vanessa Bertollini, e pilates towel fletcher por meio do estudo do “toque poético” com Adriano Bittar.

Ao longo do workshop, Duda Paiva e os outros profissionais desenvolvem trabalhos e experimentos na mistura entre instrumentos narrativos, dança contemporânea e manipulação direta de esculturas feitas de espuma de borracha. “É teatro, dança, animação. Consiste em usar o corpo do manipulador como uma plataforma dançante para o boneco e vice-versa. Explora também o espaço para inspirar a imaginação e a criatividade dos participantes”, explica Paiva.

Intercâmbio

Um frutífero intercâmbio cultural povoa o projeto. Profissionais que integram a Duda Paiva Company participaram da residência já em dois blocos anteriores, onde compartilham seus conhecimentos através de aulas e, posteriormente, na criação de atos experimentais. Para este bloco, o bailarino holandês Timmy Velraeds estará na capital goiana para a troca de conhecimentos.

E o intercâmbio é vice-versa. Dois alunos que participam desde a primeira etapa foram selecionados para se apresentar no Festival de Formas Animadas, na Bélgica, no final de setembro. Os jovens goianos já haviam realizado o show, intitulado O Visitante, no Festival do Boneco de Goiânia, em maio deste ano.

Criada em 2004 e com sede na Holanda, a Duda Paiva Company é uma das grandes companhias de teatro animado da Europa, onde viaja por todo o mundo apresentando seu repertório de espetáculos em festivais e mostras especiais. Também colabora com a profissionalização e formação cênica em diversos campos das artes. A presença do artista Duda Paiva em Goiânia para o workshop é possível através do apoio do FPK, Fonds voor de Podium Kunst, do governo holandês.

Quem é Duda Paiva

Duda atuou durante muitos anos na Quasar Cia de Dança, no Balé do Estado de Goiás e no projeto original Martim Cererê. Atualmente se divide entre direções do repertório de espetáculos da DPC e nos palcos, em festivais de todo o mundo. Entre os mais recentes, estão: Festival de Animação de Fiams (Canadá), Festival de Animação de Florianópolis (FITA), no Festival de Animação de Byalistok (Polônia) e no Festival Contemporâneo de WUZHEN (China). Em 2015 foi convidado de honra do maior festival de teatro de animação do mundo, o Festival Mondial des Teatre der Marionnettes de Charleville-Meziers (França).

Crédito da foto: Lu Barcelos

Serviço

Pontuação do Objeto
De 10 a 21 de setembro de 2018
Entre 9h e 13h
Local: Centro Cultural UFG
Av. Universitária, 1533 – Setor Leste Universitário, Goiânia – GO
Inscrições: Até o dia 10 de setembro
Pelo e-mail pontuacaodoobjeto@gmail.com ou no primeiro dia de residência.
Investimento: R$ 100 (meia)
Informações: (62) 3209-6251

Deixe uma resposta