Inspirada em Shakespeare “Ladies, da inocência à crueldade” integra programação do Circuito São Paulo de Cultura

Ladies, da inocência à crueldade

Lady Macbeth e Ofélia, duas personagens icônicas da dramaturgia de William Shakespeare, inspiram o espetáculo “Ladies, da inocência à crueldade”, da Em Cia. de Cristiane Paoli Quito. A coreografia, criada e interpretada por Ana Noronha e Gisele Calazans, fica em cartaz nos teatros Flávio Império, de 5 a 7; no Cacilda Becker, de 12 a 14 e no Zanoni Ferrite, de 19 a 21 de junho. O espetáculo tem entrada franca e integra a programação de dança do Circuito São Paulo de Cultura.

A diretora Cristiane Quito conta que o espetáculo surgiu a partir da proposta das duas intérpretes-criadoras: uma queria pesquisar a personagem Lady Macbeth e a outra, Ofélia. Acostumada a criar a partir da intersecção da linguagem do teatro com a da dança, Cristiane, que já trabalhou anteriormente com obras de autores como Nelson Rodrigues, propôs unir as duas personagens em “Ladies…”, apesar de ambas pertencerem a peças diferentes. “Foi surpreendente olhar os textos e ver como essas mulheres se inseriam na dramaturgia, pois as duas, apesar de serem emblemáticas, não são protagonistas das peças de Shakespeare”, afirma.

Nas duas histórias do dramaturgo inglês, ambas recebem cartas. Enquanto em “Hamlet”, Ofélia é surpreendida com uma declaração de amor, em “Macbeth”, Lady Macbeth recebe de seu marido o aviso sobre uma profecia, dizendo que eles em breve se tornariam rei e rainha da Escócia. A coreografia de “Ladies…” tem, portanto, essas duas cartas como ponto de partida.

Embora curiosamente tenham tido o mesmo destino, a loucura e o suicídio, Ofélia e Lady Macbeth têm personalidades quase antagônicas. A primeira é caracterizada como inocente e, a outra, como cruel, movida pela ganância. Essa é a ideia que o espetáculo tenta desmistificar. “Começamos a procurar nos textos o que tem no meio disso tudo, o que existe entre a inocência e a crueldade”, explica Cristiane. “Todos nós temos os lados ambicioso e de inocência pura, pois somos tridimensionais.”

Para a diretora, a atualidade das personagens está na questão das escolhas que elas fazem e nos caminhos que trilham, em meio a uma realidade na qual amor e poder estão intimamente relacionados. “O que eu mais queria discutir é a condição humana, a vida e a morte”, completa Cristiane.

Sobre o Circuito São Paulo de Cultura

Lançado em maio de 2014, é um programa da Secretaria Municipal de Cultura que apresenta uma nova política de programação cultural para a cidade. O objetivo é aproveitar a rede de equipamentos culturais da Prefeitura de São Paulo, distribuídos por todo o território, em todas as regiões da cidade, além de promover o convívio em áreas livres e abertas como parques e praças.

Em 2015, além das linguagens de dança, teatro e música, o Circuito São Paulo de Cultura apresenta como novidades atrações nas áreas de cinema e literatura.

SERVIÇO

Ladies, da inocência à crueldade
Em Cia. de Cristiane Paoli Quito
Temporada: de 05 a 21 de junho de 2015
Ingresso: Grátis (retirar ingresso a partir de uma hora antes)

Dias 05, 06 e 07
Sexta e sábado, às 21h, domingo, às 19h
Local: Teatro Flávio Império
R. Prof. Alves Pedroso, 600 – Cangaíba – Zona Leste – São Paulo/SP
Informações: 2621-2719
Duração: 50 min.
Classificação: 12 anos

Dias 12, 13 e 14 de junho de 2015
Sexta e sábado, às 21h, domingo, às 19h
Local: Teatro Cacilda Becker
Rua Tito, 295 – Lapa – Zona Oeste – São Paulo/SP
Informações: (11) 3864-4513
Duração: 50 min.
Classificação: 12 anos

Dias 19, 20 e 21 de junho de 2015
Sexta e sábado, às 21h, domingo, às 19h
Local: Teatro Zanoni Ferrite
Av. Renata, 163 – Vila Formosa – Zona Leste – São Paulo/SP
Informações: (11) 2216-1520
Duração: 50 min.
Classificação: 12 anos