Grupo de dança da Colômbia realiza temporada em Belo Horizonte

Entre os dias 02 e 08 de Julho o Proyecto TerSer Cuerpo da cidade de Bogotá, Colômbia realiza temporada em Belo Horizonte com oficinas, residência, intervenções e apresentação de espetáculo. Através de um intercâmbio com o Grupo Contemporâneo de Dança Livre e o curso de Licenciatura em Dança da UFMG, o grupo colombiano oferecerá uma oficina gratuita no dia 02 dentro do projeto “Encontro com o artista: trocas e intercâmbios entre o artista e a universidade” – coordenado pela professora Raquel Pires Cavalcanti. O encontro será de 19h às 22h na sala verde do prédio do Teatro (campus Pampulha – UFMG). O acesso é gratuito.

Durante a semana, o Proyecto TerSer Cuerpo estará em residência artística com o Grupo Contemporâneo de Dança Livre culminando em uma intervenção no espaço urbano no dia 06, às 10h na Praça Sete – centro de Belo Horizonte. E, fechando a programação, o grupo realizará uma apresentação do trabalho “Fricción Intangible” no dia 7 de julho às 20h30 no Teatro Marília. A programação da noite ainda inclui o solo M-A-N-S-P-L-A-I-N-I-N-G de Heloisa Rodrigues e a estreia do duo “Aristolochia” de Leonardo Augusto e Socorro Dias.

TerSer Cuerpo é um grupo de dança contemporânea dedicado à pesquisa-criação em dança contemporânea que surge em 2015. Seu trabalho é baseado em um discurso teórico-prático que explora a relação entre impulsos e repressões abordadas a partir do movimento e da ação. Este discurso é baseado em dois conceitos do projeto: A Besta, o corpo inconsciente ou instintivo e a pele (pellejo), o corpo no qual uma série de convenções sociais foram inscritas. O grupo é formado pelos artistas David Suárez, Daniella Yara Cantillo, Laura Lopez, Yuri Pinzón, Juan Chaparro e Diana Toscano.

O Grupo Contemporâneo de Dança Livre, originário de Belo Horizonte – Minas Gerais trabalha com processos colaborativos, pesquisa e criação em dança contemporânea para palco e rua desde 2010 e é formado por indivíduos/artistas/criadores com formações artísticas distintas, buscando investigar a dança a partir de experiências entre corpos. Integram o grupo: Duna Dias, Heloisa Rodrigues, Denner Moisés, Leonardo Augusto e Socorro Dias.

Crédito da foto: Divulgação

Deixe uma resposta