Grupo Corpo Molde abre audição para formação nos Ciclos I e II

“Modelo oco no qual se introduz matéria pastosa ou líquida que, ao secar, toma-lhe a forma.Todo instrumento ou peça de metal, madeira, cartão, papel etc., pela qual se corta, recorta ou modela alguma coisa. Modelar o movimento e o sentimento do corpo, desenhar e viajar, o corpo que se molda a desenvoltura do viver, Corpo Molde”

O Grupo Corpo Molde abre as portas para novos integrantes para compor seu elenco coreográfico, saiba mais sobre o Grupo, seus trabalhos e como se inscrever:

O Grupo Corpo Molde, nasce em 2013, dentro do território do Campo Limpo localizado na Zona Sul de São Paulo, através do bailarino, Renan Marangoni, do qual tinha o desejo de criar um grupo de jovens para realizar pesquisas corporais, que estivessem fora da percepção já conhecidas por eles, unidos pelos mesmos objetivos de realizar trabalhos artísticos de qualidade no bairro onde surge o grupo, passaram a pesquisar, ensaiar e a produzir espetáculos que fogem do estilo que reforçam os estereótipos da periferia paulista, desenvolvendo um projeto sociocultural visando a formação artística pedagógica e uma percepção técnica para montagem de espetáculos, oficinas, performances e eventos.

Ao decorrer dos anos passaram pelos processos de criação em formação de elenco 50 intérpretes-criadores impactados pela a nossa iniciativa, do qual grande parte continua em criações artísticas em outros núcleos de desenvolvimento, outras áreas dentro da arte, produtores culturais, iluminadores, bailarinos, coreógrafos e diretores.

Ao passar dos anos o grupo realizou a montagem de 4 espetáculos e 5 projetos de integração de criação com parceiros, ações de intervenção e montagem de documentário. Em 2014, estreia seu primeiro espetáculo “SAGA|TIBA”, abordando a busca de pessoas desaparecidas no Brasil, no ano de 2015 o grupo foi contemplado pelo Edital VAI (Valorização de Iniciativas Culturais), na modalidade VAI-I, com o Projeto “Expansão Corpo Molde”, do qual resultou na criação do seu segundo espetáculo “DITOLINHADURA”, levando ao palco depoimentos através da linguagem da Dança sobre a Ditadura Militar Brasileira, em 2016 o grupo foi contemplado novamente pelo edital VAI com o Projeto “Ausência”, modalidade VAI-II, com a criação do espetáculo “Ausência” e promove a criação do documentário “MOVEMENT” dialogando a linguagem da Arte e Performance, através de estruturas arquitetônicas, e no ano de 2017 o grupo estreia seu primeiro espetáculo infantil “Bambaquerê”, abordando o desenvolvimento infantil através de jogos e brincadeiras, mesclando as danças tradicionais brasileiras e dança contemporânea. Ao decorrer de todos esses anos o grupo vem impactando em média 7.000 pessoas, entre 120 ações.

Para a inscrição é necessário atender os seguinte requisitos:

Ciclo – I:

– Ter disponibilidade para os ensaios: Aos Sábados ( Período Vespertino) e aos Domingos (Período Matutino);
– Estar aberto a novas experiências e conhecimentos;
– Faixa etária a partir de 12 anos (CICLO-I / Formação Inicial);

Ciclo – II

– Ter disponibilidade para os ensaios: Terça-Feira e Quinta-feira (Período da Noite), aos Sábados ( Período Vespertino) e aos Domingos (Período Matutino);
– Faixa etária a partir de 18 anos e (CICLO-II / Formação Profissional);
– Os Inscritos com DRT, terão prioridade na analise e avaliação final, porém os que não tiverem podem se inscrever;
– Estar aberto a novas experiências e conhecimentos;

Preencha o formulário abaixo e aguarde a confirmação via e-mail

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScVAoWlrMwxVW4-FOfuH91n2Q0O4iVC41I5h8LT9WjUlSRCiA/viewform

Boa Sorte!

Deixe uma resposta