Grande ABC recebe a 1ª edição do Sararte

Durante a semana da Consciência Negra será realizado na Biblioteca Monteiro Lobato (SP), no Grande ABC, o 1º Sararte. O evento acontece no dia 19 de novembro com apresentações de dança, teatro, jogos de capoeira, leituras entre outros.

Sobre o Sararte

O SARARTE nasceu a partir de um sentimento de necessidade. Por todo o Grande ABC há artistas, sejam eles romancistas, pintores, poetas, cronistas, bailarinos, atores, cantores, capoeiras. E para cada arte há sua escola, grupo, local de trabalho. Mas ainda assim, sentíamos a necessidade de locais e eventos para a divulgação desses trabalhos. O SARARTE veio num momento em que um grupo de escritores buscava expandir o alcance de seus trabalhos e levar junto o trabalho de amigos dançarinos, atores e capoeiras. Com o intuito de divulgar os artistas da região e de disseminar a arte para um público maior nasceu o SARARTE, idealizado em julho de 2017, na Faculdade SESI, pelo ex-estudante de Ciências Humanas Carlos Vinicius Lopes da Silva.

O evento, pensado como um sarau artístico (de onde viria o nome SARARTE), reúne dançarinos, atores, escritores de todos os gêneros, capoeiras e cantores de forma a trocar conhecimentos, pontos de vista e ideias do tema proposto. Assim há um continuum da cultura que vem da rua, com a cultura que está presente em faculdades, palcos e recintos fechados.

Idealizado por Carlos Vinicius Lopes da Silva, um jovem de dezoito anos, poeta e cronista, ex-estudante de Ciências Humanas pela Faculdade SESI. É dono do blog Poemas do Carlafari e colaborador do blog Mentis Trinus. Amante da literatura, da dança, do teatro, da música e das artes visuais, praticante da capoeira. Carlos viu a necessidade de um novo meio de divulgar o seu trabalho e o de seus colegas e parceira, tendo em vista que no Grande ABC os eventos artísticos são muito segregados. Para os dançarinos alguns poucos espetáculos; para os atores menos ainda; para os capoeiras nenhum ou pouco apoio nos eventos; para os cantores (rappers, nesse caso) algumas batalhas ou eventos; e para quem escreve, os eventos, saraus ou reuniões são nulas ou extremamente raras.

Foi no SARARTE que Carlos viu uma saída para estas adversidades e durante a idealização e estudo para a realização do evento se viu desinteressado pelo curso o qual estava matriculado. Para dedicar-se totalmente à organização do evento e para cursar algo relacionado às suas paixões, trancou sua matrícula e seguiu para a área das Letras e das Artes Cênicas e Visuais.

Tendo a necessidade de divulgar os trabalhos artísticos de grupos menores, numa região onde poucas são as chances para tais grupos, o SARARTE deseja ser um evento onde se é possível mostrar os pequenos artistas, aqueles que ficam escondidos em pequenas escolas. Sabendo o quão difícil pode ser a divulgação de um trabalho, o SARARTE pretende auxiliar estes artistas a ter alguma visibilidade a mais. Além disso, não segregar os gêneros, mas sim agregá-los em um único lugar e fazer desse lugar um espaço de socialização das visões e concepções artísticas, trazendo uma visão urbana e afro-brasileira da ginga da capoeira, com o classicismo dos passos do ballet; dos versos formais da fala teatral, até as rimas e gírias do RAP. É nessa intersecção que o SARARTE atua.

Os interessados para participar do evento deverão enviar um e-mail para sararte.17@outlook.com contendo nome completo, idade e a modalidade gostaria de apresentar. Entre elas: danças, cantores de rap, capoeira e leitores.

Serviço

Sararte
Dia 19 de novembro de 2017
Local: Biblioteca Monteiro Lobato
Rua Dr Flaquer, 26 – Centro – São Bernardo do Campo/SP
Informações: sararte.17@outlook.com

Deixe uma resposta