Galeria Olido recebe apresentação do solo O Último Dia, de Henrique Lima

De 28 a 30 de junho, a Galeria Olido, em São Paulo, recebe mais uma temporada do espetáculo de dança solo O ÚLTIMO DIA, do bailarino e coreógrafo pernambucano Henrique Lima. As três apresentações integram o projeto de mesmo nome contemplado pela 25ª edição do Programa Municipal de Fomento à Dança para a cidade de São Paulo, seguindo com a programação que estreou em abril deste ano e que acontecerá durante todo ano de 2019, com workshops para profissionais, oficinas para público em geral e o total de 32 apresentações que circularão prioritariamente em espaços públicos e equipamentos culturais da cidade, com atividades gratuitas ou a preços populares.

Projeto O ÚLTIMO DIA

O projeto O ÚLTIMO DIA dá continuidade ao trabalho artístico e cênico que Henrique Lima realiza desde 2009 que se concretizou com criação do solo O ÚLTIMO DIA (25 minutos), em 2015, em Lisboa, quando ainda era integrante da Companhia Portuguesa de Bailado Contemporâneo. O trabalho é ganhador do Prêmio Denilto Gomes, nas categorias Criação Solo e Coreografia.

Depois de ter sido contemplado pelo edital do Proac 2016 e circulado pelo estado de São Paulo fazendo mais de 18 espetáculos, a proposta desta nova etapa é circular com o trabalho solo pela cidade de São Paulo com 16 apresentações e recriar o espetáculo “O ÚLTIMO DIA” com quatro bailarinos convidados (Cristiano Bacelar, Daniela Moras, Manuela Aranguibel e Ricardo Januário).

Ao compartilhar esta vivência com outros artistas, lançando outros corpos ao estudo da linguagem de Henrique, a nova criação estende o trabalho técnico e poético já desenvolvido, com a ampliação da obra (solo) e o aprofundamento da pesquisa. A temporada de estreia desta nova fase do trabalho está prevista para o segundo semestre de 2019.

Sobre o espetáculo O ÚLTIMO DIA

Em O ÚLTIMO DIA o bailarino Henrique Lima explora seu corpo e se entrega ao desafio de construir um outro em si. Utilizando-se dos recursos da máscara e do improviso, o espetáculo questiona os limites e os padrões de movimentos de um bailarino adulto. Numa fusão de corpos reais e inventados, o bailarino vive cada dia como se fosse o último.

O ÚLTIMO DIA não é sobre o fim ou a morte, mas uma reflexão sobre como viver cada dia como se fosse o último”, destaca Henrique Lima. A partir dessa ideia, o trabalho também levanta a questão da aceitação da velhice, época que traz novas limitações e conscientizações sobre o próprio corpo.

Estabelecendo um paralelo entre o processo de envelhecimento humano e a maturidade artística, na criação e interpretação do solo “O ÚLTIMO DIA”, Henrique Lima utiliza uma máscara realista de um homem ancião e usa toda a técnica construída e adquirida ao longo de sua carreira e pesquisa, o que lhe permite encontrar no personagem do homem ancião, um refúgio, algo que o levou para outros universos.

A improvisação é um traço essencial da dança de Henrique Lima que usa toda a técnica construída e adquirida ao longo de sua carreira e pesquisa, criando a cada apresentação, um novo universo para este corpo. “Pela improvisação busca-se o movimento sincero, preciso, consciente e profundo, (não banal), o que permite a conexão com o público”, complementa Lima.

Inspirado pela estética beckettiana, os espaços cenográficos, a iluminação, figurino e trilha sonora são minimalistas e sombrios e não são meros elementos representativos da dramaturgia, mas um espaço onde os objetos cênicos são performativos, e podem ser ativados pelo bailarino-performer. O desenvolvimento da cenografia da criação coreográfica de “O ÚLTIMO DIA” envolve a investigação a partir de objetos criados com papelão, tendo como referência o universo dos livros pop-up. (Leo Ceolin, cenógrafo). Henrique Lima pensa a criação de modo colaborativo, onde todos (bailarinos, iluminador, figurinista e cenógrafo) constroem o trabalho.

Ficha Técnica

Direção/Intérprete : Henrique Lima
Cenografia: Leo Ceolin
Figurino: Juliana Andrade
Iluminação: Rossana Boccia
Produção Executiva: Guilherme Funari
Direção de Produção: Cau Fonseca | Mítica!

Este projeto foi realizado com o apoio do Programa Municipal de Fomento à Dança para a Cidade de São Paulo – Secretaria Municipal de Cultura.

Crédito da foto: Silvia Machado

Serviço

O Último Dia
Henrique Lima
Dias 28, 29 e 30 de junho de 2019
Sexta e sábado, às 20 horas, domingo, às 19h
Local: Galeria Olido, Sala Paissandu
Av. São João, 473 – Centro Histórico de São Paulo, São Paulo – SP
Ingresso: Gratuito
Classificação: Livre

Deixe uma resposta