Fruto de parceria entre Brasil, Argentina e Espanha, Morder a Língua faz apresentações no CCC

Morder a lingua

Chega a São Paulo o espetáculo de dança contemporânea Morder a Língua, uma coautoria dos artistas João Lima (Brasil), Anna Rubirola (Espanha) e Cecilia Colacrai (Argentina), que faz duas únicas apresentações nos dias 26 e 27 de julho, no Centro Compartilhado de Criação. A turnê é viabilizada pelo Prêmio Funarte Klauss Vianna 2014 e contará com apresentação em mais quatro cidades brasileiras: Palmas (TO), Teresina (PI), Recife (PE) e Cuiabá (MT).

Ainda inédita no Brasil, Morder a Língua, que também conta com apoio do edital Iberescena, estreou na Espanha em dezembro de 2014, no Centro Cívico Barceloneta e, posteriormente, participou da mostra IN SITU, no Centro de Artes Santa Mónica, assim como também contou com uma breve temporada no Antic Teatre.

Morder a Língua, que nesta circulação é executada pelos intérpretes João Lima e Cecília Colacrai, tem como eixo a tensão entre diferentes planos da linguagem coreográfica e investiga as relações entre palavra e gesto; linguagem e movimento; a coreografia e a possibilidade de gerar diferentes significados. O que se transmite de um corpo a outro?

“Em Morder a Língua, tratamos a linguagem coreográfica como uma caixa de ferramentas, propondo diferentes possibilidades de composição e leitura, privilegiando a ambiguidade e a polissemia. Esvaziar as palavras e por em valor sua potência”, comenta o grupo.

SERVIÇO

Morder a Língua
Dias 26 e 27 de julho de 2016
Terça e quarta, às 21h15
Local: CCC – Centro Compartilhado de Criação
Rua James Holland, 57 – Barra Funda – São Paulo/SP
Ingressos: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia)
Duração: 45 minutos.
Informações: 3392-7485

Deixe uma resposta