Formada em Química, na USP, sapateadora faz carreira na dança fora do Brasil

A cada dia que passa vemos a arte em nosso país ser perseguida num verdadeiro desmonte, o que leva os artistas a buscarem a realização do seu senho em outros países. Com Ana Tomioshi não foi diferente. Formada em Química pela USP (Universidade de São Paulo), umas das instituições de ensino mais respeitada no mundo, Ana decidiu abrir mão do emprego no Brasil e se aventurar, rumo aos Estados Unidos, na esperança de realizar um sonho que, em sua terra natal seria praticamente impossível de realizar: viver da dança.

Ana Tomioshi iniciou seus estudos em Sapateado, Jazz, Ballet e Dança Irlandesa aos 10 anos de idade com Sheila e Helga Santos na Academia Sheila’s Ballet, em Sorocaba-SP. Especializou‐se em Sapateado Americano e ganhou bolsas para participar dos maiores festivais de sapateado do mundo como LA Tap Fest, DC Tap Fest e Jersey Tap Fest.

Participou do Jacob’s Pillow Tap Program onde estudou com Dianne Walker, Jason Samuels Smith, Sam Weber, Nicholas Young e a diretora Michelle Dorrance. Integrou o elenco formado por 25 sapateadores selecionados pelo mundo para apresentar trabalhos coreografados pelos professores do programa no Jacob’s Pillow Dance Festival. Recebeu o certificado de “Professional Advancement Award in Dance” após completar o programa de sapateado numa das mais antigas e renomadas escolas de dança americana ‐ The School at Jacob’s Pillow.

“Muita gente nem imagina mas eu sou uma pessoa bastante introvertida e, quando criança, eu não me expressava muito nem tinha muitos amigos. A dança me deu um instrumento de expressão que me permitiu conhecer a mim mesma e a me comunicar melhor com o mundo exterior de forma geral, tanto com meus amigos quanto com minha família. O sapateado foi minha primeira paixão, mas logo já quis aprender outros estilos como Jazz Dance, Ballet e Dança Irlandesa. E, como era de se esperar, eu amei todos eles (sapateado sendo minha paixão principal, é claro… e não sendo um primor no Ballet Clássico!)”, conta Ana

Em competições venceu por duas vezes a categoria Solo Feminino de Sapateado do Festival de Dança de Joinville, considerado o maior festival de dança do mundo, com uma indicação para Melhor Bailarina. Além de outros vários prêmios pelo país como solista e coreógrafa e uma indicação para Melhor Coreógrafa do Prêmio Desterro. Contratada como solista no evento Jason Janas & Friends, patrocinado pelo O Boticário.

Tomioshi Integrou o elenco da Cia Celta Brasil contratado para se apresentar na Rock Street do Rock in Rio sob o comando de Fernanda Faez e Steven Harper.

Ana compõe o painel de professores dos principais festivais de sapateado nacionais, como Encontro dos Ritmos, Tap Show, Semana do Sapateado, Tap Week Brasil e Tap in Rio. Além de coreografar, integra e é uma das diretoras do grupo Tap New Generation, formado por jovens sapateadores profissionais de todo o Brasil.

“Minha rotina era escola de manhã e academia de dança de tarde até a noite”.

Em 2016 e 2018, coreografou o trabalho que representou o Brasil no DC Tap Festival, um dos maiores festivais de sapateado do mundo dirigido por Chloe e Maud Arnold. E em 2019 também foi professora do festival. Ainda em 2019, compôs a banca de jurados do Passo de Arte Grand Prix, competição internacional de dança.

Atualmente, Ana mora em Alexandria, no estado de Virgínia (EUA). É professora de sapateado na Metropolitan School of the Arts, escola preparatória artística. Faz colaborações com outros estilos como a Cia de Dança Contemporânea Motion X Dance DC.  É membro da companhia de sapateado e percussão Sole Defined, baseada em Washington DC dirigida por Quynn e Ryan Johnson.  Também é membro da cia de sapateado Music From the Sole, baseada em New York City, dirigida por Leonardo Sandoval e Gregory Richardson.

Deixe uma resposta