Estação Cultura abre programação especial étnico-racial com espetáculo de dança sobre identidades negras

No dia 01/nov (quarta-feira), a Estação Cultura inicia sua programação especial de temática étnico-racial com Oficina de Experimentação em Dança Negra Contemporânea e com o espetáculo de dança contemporânea Gbé ou Quando o Corpo Renasce Negro. A oficina ocorre das 18h às 19h30 e o espetáculo de dança inicia-se logo depois, às 20h30. Ambas as atividades são gratuitas.

O espetáculo Gbé ou Quando o Corpo Renasce Negro, criada pelo bailarino Edson Raphael, propõe uma releitura corporal do processo étnico, social e pessoal de pessoas negras se reconhecerem como tal. Para retratar tamanha diversidade de corpos, histórias e experiências passíveis de representação, o bailarino percorreu diferentes regiões do estado paulista colhendo relatos e histórias a fim de compor o conteúdo a ser levado à cena.

Com direção cênica de Eduardo César e direção de movimento de Deise de Brito, a construção física da obra utiliza-se de referências de danças culturas populares de matrizes afro-diaspóricas e dança-teatro para a criação de ações e movimentos que aludem ao processo de ressignificação de imagem, ancestralidade e sociabilidade negras. Gbé ou Quando o Corpo Renasce Negro nasce entendendo que não encerra em si todas as discussões e possibilidades sobre o tema, mas as lança sob o viés do corpo, o ponto para onde tendem as forças de normatização euramericanas em suas faces e particularidades brasileiras.

O espetáculo de dança foi produzido por meio de subsídios oriundos do Programa de Ação Cultural (Proac) da Secretaria de Cultura do Governo do Estado de São Paulo.

Gbé ou Quando o Corpo Renasce Negro será apresentado no dia 01 (quarta-feira) de novembro, às 20h30, na Estação Cultura. O espaço está localizado na Praça Marechal Floriano, s/n, no Centro de Campinas. A entrada é gratuita.

Oficina de Dança Negra Contemporânea

Ministrada pelo bailarino Edson Raphael, a Oficina de Dança Negra Contemporânea trará experimentações a partir das técnicas utilizadas no processo de criação do espetáculo Gbé ou Quando o Corpo Renasce Negro – técnicas clássicas, dança-teatro e, sobretudo, danças afro-diaspóricas. Indicada para pessoas com ou sem estudo prévio em dança, a partir de 15 anos, a atividade propõe um contato inicial com as modalidades descritas, estímulos à criação corporal e leitura de obras de dança. A atividade é gratuita e as vagas limitas. As inscrições ficam disponíveis até 30/10 por meio do link: https://portalcultura.campinas.sp.gov.br/editais/2017-oficina-experimentacao-danca-negra-contemporanea

Ficha técnica

Criador-intérprete: Edson Raphael
Direção Cênica: Eduardo Cesar
Direção de Movimento: Deise de Brito
Dramaturgia: Edson Raphael, Eduardo Cesar e Gilberto Costa
Criação e Curadoria Textual: Gilberto Costa
Composição Musical: Leandro Pacheco
Experimentação Vocal: Natália Nery
Cenografia, Figurino e Iluminação: Edson Raphael e Eduardo Cesar
Assessoria de Imprensa: Lebá Comunicação
Operação de Luz: Tainá Francis
Operação de Som: Gilberto Costa
Trecho da música ‘Oitavo Anjo’, 509-E
Citações dos Pensadores: Abdias do Nascimento, Aimé Césaire.
Entrevistas utilizadas em processo: Edson de Jesus, Erickson Felizardo Novais, Kelly Rodrigues de Jesus, Marco Antonio Fera, Regiane da Costa Cruz
Agradecimentos: Núcleo Arranca, Centro de Referência da Dança da Cidade de São Paulo, Fernanda Brito, Renato Mendes de Azevedo, Robson Ferraz

Crédito da foto: Rodrigo Keesv

Serviço

Gbé ou Quando o Corpo Renasce Negro
Dia 01 de novembro de 2017
Quarta, às 20h30
Local: Estação Cultura
Praça Marechal Floriano, s/n, Centro – Campinas/SP
Ingresso: Grátis
Duração: 40 min
Classificação Livre

Oficina de Experimentação em Dança Negra Contemporânea
Dia 01 de novembro de 2017
Quarta, das 18h às 19h30
Local: Estação Cultura
Praça Marechal Floriano, s/n, Centro – Campinas/SP
Investimento: Participação Gratuita
Classificação: a partir de 15 anos

Deixe uma resposta