Espetáculo Enchente, com direção de Flavia Pinheiro, realiza três apresentações no Sesc Belenzinho

De 22 a 24 de março, o Sesc Belenzinho recebe o espetáculo Enchente, em três apresentações na Sala de Espetáculos II, com ingressos de R$ 6 (Credencial Plena do Sesc) a R$ 20 (inteira).

Com concepção, direção e dramaturgia de Flavia Pinheiro, a apresentação traduz ao movimento o conto homônimo do dramaturgo, escritor, diretor e referência do teatro pernambucano Hermilo Borba Filho (1917-1976). A partir de elementos presente no conto, tais como a corrente, a água na altura dos joelhos, uma mulher sozinha no escuro, tábuas que voam, a iminência do fim, etc., o espetáculo torna-se uma metáfora sobre as catástrofes humanas atuais: migratórias e econômicas, a globalização da indiferença e o fracasso do mundo capitalista desenvolvido.

Enchente pretende recontar a história através da materialidade das imagens e de sua transparência, utilizando material de arquivo encontrado para produzir conteúdos que problematizam e ampliam a catástrofe natural. Dentre as imagens, recortes de cineastas experimentais como Jonas Mekas, Carolee Schneemann, Mustafa Abu Ali,Chris Marker,Esfir Shub,Stan Brakhage, além de arquivos em vídeo da Fundação Joaquim Nabuco – FUNDAJ e da biblioteca de patrimônio da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco – Fundarpe, com cenas das inundações na cidade do Recife e dos engenhos no interior do estado de Pernambuco.

A montagem se constrói em base a procedimentos de criação que envolvem restrições e obstruções de movimentos e alguns jogos com regras e materiais. As relações entre os corpos questionam as hierarquias e ampliam suas possibilidades ao realizarem tarefas de improvisação.

O espetáculo conta com as performances de Gardênia Coleto, Rebeca Godim e Flávia Pinheiro.

Sobre a direção do espetáculo

Flavia Pinheiro vive e trabalha em Recife. Pesquisa o corpo em movimento em relação a diferentes dispositivos. Trabalha em performances, vídeos, instalações e intervenções urbanas, em colaboração com artistas de diferentes linguagens. Atualmente, junto ao artista Leandro Oliván desenvolve experimentos que envolvem a Arte e a Tecnologia.Com a instalação Interativa Aires de Cambio participaram juntos da Exposição Interactivos 2012 na Fundação Telefônica em Buenos Aires (Argentina).

Flavia Pinheiro prática e explora diferentes maneiras de se movimentar: dança contemporânea, ioga artes marciais; incluindo improvisação e técnica Estudou um mestrado em História da Arte da UNSAM-Universidad de San Martin, é pós -graduada em Arte Visuais-Linguagens Artísticos Combinados no IUNA e graduada em Artes Cénicas na UFPE.

Atualmente é professora substituta no Curso de Dança da UFPE- Departamento de Teoria da Arte e Expressão Artística onde ministra as disciplinas de Metodologia e Estudos do Movimento.

Crédito da foto: Francisco Baccaro

Serviço

Enchente
De Flávia Pinheiro
De 22 a 24 de Março de 2019
Sexta e Sábado, 20h e Domingo, 17h.
Local: Sesc Belenzinho – Sala de Espetáculos II (50 lugares)
Rua Padre Adelino, 1000, Belenzinho, São Paulo – SP
Ingressos: R$ 20,00 (inteira); 10,00 (meia) e R$ 6,00 (credencial plena do Sesc)
Classificação: 16 anos.
Duração: 50 minutos.

Deixe uma resposta