Escuro Visível, com Núcleo Artérias

escuro visivel

Investigações sobre o desejo.

O que inicia um movimento? Por que continuamos? O que gera potência e intensidade à existência? O que nos conecta?

Escuro Visível, dirigido por Adriana Grechi, é o mais recente trabalho do Núcleo Artérias e conta com instalação sonora do músico Dudu Tsuda. Durante o período de criação o grupo formado pelas dançarinas/criadoras e Carolina Minozzi, Lívia Seixas e Nina Giovelli recebeu os artistas Marcelo Gabriel de Belo Horizonte e Taoufiq Izeddiou de Marrakech para a partilha de suas práticas artísticas. Marcelo Gabriel tornou-se um importante parceiro e em duas imersões coordenou e compartilhou com o grupo suas práticas e treinamentos.

Escuro Visível investiga os movimentos do desejo, percebendo sua ação em cada acontecimento presente, o Núcleo Artérias propõe uma dança de “experiências” onde cada integrante se deixa afetar, afeta o outro e gera transformações em um ambiente compartilhado.

O grupo testou possibilidades de convivência e coletividade em um corpo em constante transformação, onde a experiência contínua do desejo é a força propulsora. Interessado em como forças e intensidades vitais podem ser partilhadas em um ambiente comum, o grupo propõe um espaço de afetos, onde as conexões são tão importantes quanto os indivíduos.

O Núcleo Artérias buscou uma alternativa à produção incessante de desejos voltados ao “sucesso” individual, lançados aos montes nos modos de operar do consumismo. Os integrantes propõem uma dança de “experiências” onde procuram se apropriar de necessidades e desejos mais vitais, em um constante exercício de perceber o que realmente precisamos juntos.

Em Escuro Visível o grupo explora o risco de expor forças e intensidades íntimas como princípio organizador da ação coletiva, aceitando e reconhecendo cada acontecimento, se deixando afetar, transformar, criando assim uma rede propulsora formada por impulsos necessários.

Lygia Clark fantasiava o mundo como um grande bicho não percebido pelo homem. O Núcleo Artérias emprestou esta ficção e testou o homem (que é ao mesmo tempo mulher) como um grande bicho não percebido pelo homem.

Este espetáculo foi produzido com o apoio do XIV Edital de Fomento à Dança da Secretaria Municipal da Cultura de São Paulo.

SERVIÇO

Escuro Visível
Núcleo Artérias
De 19 a 22 de junho
Quinta a sábado, às 20h
Domingo, às 19h
Galeria Olido
Av. São João, 473 – Centro – São Paulo
Ingressos: Grátis
(Retirar ingressos 1h antes do início do espetáculo)
Informações: www.nucleoarterias.com
Classificação: 12 anos