Eliana de Santana apresenta seu solo A Emparedada da Rua Nova no Centro Cultural da Penha

E² Cia de Teatro e Dança_m

A peça de dança A Emparedada da Rua Nova, é inspirada no romance homônimo de Carneiro Vilela, ambientado no Recife do século XIX, que relata o caso de uma jovem emparedada viva em seu próprio quarto, a mando de seu pai. Ao longo do tempo, essa tragédia urbana alimentou o imaginário popular, fala-se da presença da morta, a rondar pela casa – uma assombração.

Ficção e realidade se confundem, a história da emparedada seria real? Sem ignorar as questões do amor e do feminino, presentes no romance de Carneiro Vilela, a pesquisa para a confecção do trabalho acabou por nos direcionar para este lugar: aparições, presenças momentâneas, espectros, fantasmas, entidades. Uma investigação poética sobre o tema da morte e do sobrenatural.

FICHA TÉCNICA

Direção Geral e interpretação – Eliana de Santana
Intérprete convidado, direção de arte, criação de luz e espaço cênico – Hernandes de Oliveira
Trilha sonora e Figurinos: Eliana de Santana e Hernandes de Oliveira
Divulgação – Rodrigo Eloi Leão
Produção – Jota Rafaelli / E² Cia de Teatro e Dança

Após a apresentação haverá roda de conversa com o público.

Projeto contemplado pela 19ª Edição do Programa Municipal de Fomento à Dança da Cidade de São Paulo.

SERVIÇO

A Emparedada da Rua Nova
E² Cia de Teatro e Dança
Dias 19 e 20 de agosto de 2016
Sexta e sábado, às 20h
Local: Centro Cultural da Penha
Largo do Rosário, 20 – Penha – São Paulo/SP
Ingressos: Grátis
Duração: 40 minutos
Classificação: 14 anos