Danças & Danças / Tons & Humores, com Dudude Herrmann e Natália Mallo

DANÇAS & DANÇAS, TONS & HUMORES -foto de Frederico Herrmann -ab

Com sessões gratuitas na Praça da unidade, o Sesc Pinheiros apresenta, até 30 de agosto (sábados, às 18h30), Danças & Danças / Tons & Humores, jams conduzidas pela coreógrafa Dudude Herrmann, com coordenação musical de Natália Mallo. As apresentações integram o projeto Improviso no qual um coreógrafo e seu grupo de pesquisa experimentam, junto ao público, improvisações de dança nos mais variados segmentos.

Tomando por inspiração o Livro do Desassossego, de Fernando Pessoa, e a obra do poeta Manoel de Barros, cada apresentação da jam faz uma abordagem sobre humores e tons: cores, sons e movimentos que contribuem para encontros de “humores gentis e coloridos”, com proposições que levam à aceitação do acaso, aos desejos de coragem, ao fortalecimento a partir da dança, à percepção dos seres e das coisas e à comemoração das mudanças ocasionadas por tais manifestações sensoriais.

Segundo Dudude, a jam Danças & Danças / Tons & Humores propõe a dança pela aceitação do acaso e pelo desejo da coragem para se fortalecer dançando, festejar, perceber o tom e o humor das coisas e dos seres e se preparar para seguir. As sessões – que contam ainda com artistas convidados como Beth Bastos, Lu Favoreto, Isabel Tica Lemos e Patricia Werneck – propõem uma negociação gentil entre os corpos, alcançando uma verdadeira democracia corporal que permite a cada participante entrar e sair a qualquer momento, dependendo da vontade de cada um.

CONVIDADOS – Danças & Danças / Tons & Humores

9 de agosto
Convidada: Beth Bastos (SP)
Coordenação musical: Natalia Mallo
Tema: Dançando e poetando
Material: papel de seda

16 de agosto
Convidada: Lu Favoreto (SP)
Instrumentista: Natalia Mallo
Tema: Dançando e brincando
Material: balões

23 de agosto
Convidada: Isabel Tica Lemos (SP)
Coordenação musical: Natalia Mallo
Tema: Imagem, desejo, ação, dança

30 de agosto
Convidada: Patricia Werneck (SP/BH)
Coordenação musical: Natalia Mallo
Tema: Caráter de festa

PARA DANÇAR – Projeto promove workshops, oficinas, bate-papos e palestras com a participação de coreógrafos e pesquisadores da linguagem da dança.

Ainda em agosto, dentro do projeto PARA DANÇAR, serão realizados o bate-papo Dança Para Todos, com a pesquisadora Cássia Navas e a coreógrafa e bailarina Claudia de Souza, e o workshop Instalações Efêmeras, ministrado por Dudude Herrmann. O bate-papo acontece no dia 21, às 20 horas, com entrada franca. Já workshop será realizado no período de 26 a 29, das 14h30 às 18h30, com inscrições a partir de 8 de agosto, na Central de Atendimento.

No bate-papo Dança Para Todos, Cássia Navas e Claudia de Souza abordam a origem, os formatos, as formas de difusão e a relação entre o polo emissor (palco e/ou espaço cênico) e o polo receptor (plateias) da dança, apontando para a diversidade de tendências e formas de ação de bailarinos, coreógrafos e gestores. O foco da exposição é a dança contemporânea em sua convivência com formas de expressão mais tradicionais, inseridas dentro da cultura coreográfica (balé e dança moderna), mas também dentro de uma cultura mais ampla da dança, como em manifestações da tradição popular. Expostas estas premissas, propõe-se uma discussão sobre arte e plateias da dança.

Em Instalações Efêmeras Dudude Herrmann conduz um workshop de improvisação, de tempo de performance, no qual o estado de dança envolve o performer. Ao longo das aulas, os participantes trabalham com a sensação de aparição e desaparição, linhas de força e instante decisivo e são instrumentalizados com ferramentas da dança, da improvisação e outras técnicas pertinentes a tais processos. A dinâmica é construída no decorrer da atividade, incluindo práticas corporais para ativação dos sentidos em ambiente fechado e práticas no espaço público. Cada participante deve levar um caderno de anotações e livros que possam acrescentar ao conhecimento, sejam eles de arte, literatura e/ou demais temas de interesse para exploração no workshop, e usar roupas confortáveis.

PERFIS

Dudude Herrmann – Bailarina, improvisadora, performer, coreógrafa, diretora de espetáculos e professora de dança, Dudude Herrmann inicia seus estudos nos anos 70 como parte da geração do grupo Trans-Forma BH/MG. Dirige seu estúdio de 1994 a junho/2009, e a Benvinda Cia. de Dança de 1992 a março/2008. Foi bolsista do Ministério da Cultura do Brasil – projeto Bolsa Virtuose 2000, em residência no Centro Coreográfico de Orleans a convite de Josej Nadj. Em 2003/2004, desenvolveu seu projeto Poética de um Andarilho – a escrita do movimento no espaço de fora, viabilizado pelas bolsas Vitae de Artes. É responsável pela edição das revistas Ideias de Fresta (2007) e Ideias de Imagem(2012); ministra cursos e oficinas focados no conhecimento da linguagem da improvisação e técnica em dança dentro do entendimento da arte contemporânea. Em 2011, lançou seu livro Caderno de Notações – a poética do movimento no espaço de fora. Desenvolve parcerias criativas com artistas colaborativos, segue trabalhando em seu atelier e promove ações envolvendo artistas nacionais e internacionais, desde 2009.

Cássia Navas – Professora-doutora do Instituto de Artes/UNICAMP, Cássia é graduada em Direito, Doutora em Comunicação e Semiótica, pós-doutora em Artes e especialista em gestão e políticas culturais (UNESCO/Université de Dijon/Ministère de la Culture/France). Como consultora de programas e estruturas da dança e das artes contemporâneas, possui textos publicados em vários livros e revistas. É autora de Imagens da Dança em São Paulo, Dança Moderna, Dança e Mundialização: políticas da cultura no eixo Brasil-França, Vem Dançar, Cisne Negro Companhia de Dança, Teatro do Movimento, um método para o intérprete-criador e Arte da Composição (os dois últimos junto com Lenora Lobo). Foi conselheira das artes da cena na Comissão Nacional de Incentivo Cultural (CNIC), do MinC, e membro do Colegiado Nacional de Dança/MinC. Atuou como consultora do Teatro de Dança – TD (Secretaria do Estado da Cultura e Associação Paulista dos Amigos das Artes) e das Plataformas Estado da Dança. Escreveu, dentro das prerrogativas de seu projeto de pesquisa, alguns pré-roteiros para o programa Dança Contemporânea (módulos 2009-11), da SESC TV.

Claudia de Souza – Iniciou-se a carreira profissional, em 1979, no Grupo Experimental de Dança (GED), sob direção de Penha de Souza. Em 1982, estreiou como coreógrafa. Formou-se com Victor Navarro, Ana Mondini, Umberto da Silva, Ady Addor, Clarisse Abujamra, Penha de Souza, Elisa King, Zvi Gotheiner e outros. Em teatro e dança, atuou como coreógrafa, assistente de direção e bailarina ao lado de Vall Folly, Jorge Takla, Mira Harr, Roberto Lage e Renné Gumiel. Em 1996, fundou a Cia Danças, iniciando sua pesquisa de linguagem baseada no diálogo entre a dança moderna e a capoeira, que originou o espetáculo Jogo de Dentro (Prêmio APCA de Melhor Criação em Dança). Trabalhou no Programa Vocacional da Secretaria de Cultura de Cidade de São Paulo como coordenadora artístico-pedagógica do Dança Vocacional e como coordenadora do Projeto Vocacional Apresenta. Atualmente, atua como orientadora pedagógica dos educadores de Dança no Programa Fábricas de Cultura, do Governo do Estado de São Paulo. Com 35 anos de carreira, Claudia de Souza tem consolidado um trabalho de pesquisa de linguagem com bases sólidas no desenvolvimento artístico e pedagógico do artista.

SERVIÇO

Danças & Danças / Tons & Humores
Até 30 de agosto de 2014
SESC Pinheiros
Rua Paes Leme, 195 – Pinheiros – São Paulo – SP

Projeto IMPROVISO
Espetáculo: Danças & Danças / Tons & Humores
Coreografia: Dudude Herrmann
Coordenação musical: Natália Mallo
Local: Praça
Data: de 02 a 30 de agosto (sábados)
Horário: às 18h30
Duração: 120 minutos
Classificação: Livre
Grátis

Projeto PARA DANÇAR
Bate-papo: Dança para Todos
Com: Cássia Navas e Claudia de Souza
Local: Sala de Oficinas (3º andar)
Data: 21 de agosto (quinta)
Horário: às 20h
Classificação: 16 anos
Duração: 90 min
Grátis. Retirar ingresso com uma hora de antecedência (50 vagas).

Projeto PARA DANÇAR
Workshop: Instalações Efêmeras
Com: Dudude Herrmann
Data: 26 a 29 de agosto (terça a sexta)
Horário: das 14h30 às 18h30
Local: Sala de Atividades (3º andar)
Classificação: 18 anos.
Público-alvo: Público alvo: bailarinos, atores, estudantes de dança e teatro.
Ingressos: R$ 10,00 (inteira), R$ 5,00 (usuário inscrito no Sesc e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública) e R$ 2,00 (comerciários e trabalhadores em empresas do comércio de bens, serviços e turismo).
Inscrições: a partir de 8 de agosto na Central de Atendimento (3º andar). Vagas limitadas.