Claro Escuro, de Juliana Moraes, faz apresentações na Oficina Cultural Oswald de Andrade

Juliana Moraes_Claro Escuro_Fotos Cris Lyra_m
Foto: Cris Lyra

Bailarina é acompanhada ao vivo pelo cantor Laércio Resende. Na montagem na área de convivência da Oficina Cultural Oswald de Andrade, os espectadores são convidados a assistir o trabalho em duas partes.

Em Claro Escuro, espetáculo coreografado e interpretado por Juliana Moraes, as ações do corpo acontecem sobre tablado de 4m x 6m, formado por placas de vidro sobre suporte de pallets industriais, sob o qual se encontram inúmeras lâmpadas acesas, de diferentes formas e potências, assim como suas fiações. A performance acontece de 9 a 19 de maio, segundas às quintas, às 21h na Oficina Cultural Oswald de Andrade.

No início, o vidro encontra-se coberto por grossa camada de material preto, que oculta totalmente a iluminação. Juliana Moraes, vestida com figurino escuro, fica inicialmente invisível aos espectadores, mas, aos poucos, seus movimentos começam a riscar o material e permitir que frestas de luz apareçam. O pó acumula-se em diferentes áreas do tablado, criando desenhos e manchas.

“Intenciona-se criar contrapontos entre o antigo e o contemporâneo: referência à pintura em claro e escuro (através da retirada do pó de borracha sobre o vidro, que remete às camadas da pintura à óleo); músicas antigas cantadas ao vivo, assim como entoações do dia a dia; a metáfora da luz contraposta à concretude da fiação exposta; o trabalho árduo do corpo que revela o espaço, mas, como resultado, extenua as forças”, conta Juliana.

Na montagem na área de convivência da Oficina Cultural Oswald de Andrade, os espectadores serão convidados a ver o trabalho em duas partes: inicialmente colocados ao redor do tablado, e, a seguir, serão guiados para as passarelas do segundo andar para ver a instalação de cima.

FICHA TÉCNICA

Coreografia e interpretação: Juliana Moraes
Instalação: Geórgia Kyriakakis
Trilha sonora e canto ao vivo: Laércio Resende
Assistência de direção: Gustavo Sol
Figurino: Flávia Aranha
Técnico de luz e som: Armando dos Santos
Direção de Produção: Gustavo Sanna / Complementar Produções
Produzido originalmente para o 19º EDITAL CULTURA INGLESA

SERVIÇO

Claro Escuro
Com Juliana Moraes
De 9 a 19 de maio de 2016
Segunda a quinta, às 21h
Local: Oficina Cultural Oswald de Andrade – Área de Convivência
Rua Três Rios, 363 – Bom Retiro – São Paulo/SP
Ingressos: Grátis (Ingressos distribuídos com uma hora de antecedência)
Informações: (11) 3221-5558
Capacidade: aproximadamente 70 pessoas
Duração: 50 minutos

Deixe uma resposta