Camille Claudel e Francesca Woodman inspiram criações da segunda edição do ‘Mulheres em Cena’, no Kasulo

Duas peças compõem esta segunda edição do ‘Mulheres em Cena’ – a primeira foi em abril -, que acontece de 2 a 4 de novembro (sexta e sábado, às 21h, e domingo, às 19h), no Kasulo – Espaço de Cultura e Arte: “Dança para Camille”, criação de Vanessa Macedo inspirada na vida e obra da escultura francesa Camille Claudel; e “A Pequena Morte”, de Lavínia Bizzotto, que parte das fortes emoções despertadas pela obra da fotógrafa norte americana Francesca Woodman.


“Dança para Camille” tem ignição em um dueto que compõe “Corpos Frágeis”, coreografia da Fragmento de Dança, de 2010, e torna-se um trabalho independente dançado por duas mulheres. Em cena, corpos sós são acompanhados de seus duplos – frente e verso, luz e sombra e tudo o que está no espaço ‘entre’. Dançam Maitê Molnar e Vanessa Macedo.

“A Pequena Morte” explora temas como feminilidade, identidade e morte. No solo, Lavinia Bizzotto experimenta esse universo na busca de um corpo que é atravessado pelo tempo, pela delicadeza e força, pela dor e sensualidade e por suas próprias memórias como artista e mulher.

Projeto idealizado por Vanessa Macedo e organizado pela Cia Fragmento de Dança, reúne trabalhos dançados por mulheres e traz à cena a performatividade do feminino em sua força, delicadeza, instinto e memória.

As duas peças são independentes, mas, partilham da mesma construção dramatúrgica.

‘Mulheres em Cena’ integra o projeto “Dança Depoimento em contágio”, contemplado pelo 24º edital do Programa de Fomento à Dança para a cidade de São Paulo.

Vanessa Macedo

É bailarina, coreógrafa, pesquisadora e professora. Bacharel em Direiro pela UFRN, Mestra em Artes pela Unicamp e Doutora em Artes Cênicas pela ECA-USP. Fundou a Cia Fragmento de Dança, em 2002, em São Paulo, na qual coreografou e dirigiu 16 trabalhos artísticos, apresentando-se em diversas cidades do Brasil. Atualmente, desenvolve pesquisa sobre dramaturgia em dança e autobiografia nas artes como linguagem cênica. É idealizadora e curadora do evento permanente “Terça Aberta no Kasulo” e participa da organização do “Movimento a Dança se Move”, atuando na área das políticas públicas e ministrando palestras.

Lavínia Bizzotto

Bailarina, atriz, diretora de movimento e preparadora corporal de atores no teatro e TV Globo, Lavínia Bizzotto iniciou sua carreira como bailarina e ensaiadora na Quasar Cia. de Dança, em 1997, onde permaneceu até 2017. Cursou o Curso Profissionalizante de Atores da CAL – Casa de Artes de Laranjeiras/RJ, em 2009. No cinema, foi protagonista do longa metragem “Ensaio – O Amor não diz se é para sempre’, dirigido por Tânia Lamarca (2013).

Ficha técnica

Mulheres em cena

Direção: Vanessa Macedo
Organizado: Cia Fragmento de Dança

Dança para Camille

Coreografia e direção: Vanessa Macedo
Com: Maitê Molnar e Vanessa Macedo
Trilha: Gustavo Domingues
Luz: Sandro Borelli
Fotos: Flaviana Benjamin

A Pequena Morte

Direção e Interpretação: Lavinia Bizzotto
Concepção: Lavinia Bizzotto e Alexandre Maïa
Coreografia e Dramaturgia: Lavinia Bizzotto e Vanessa Macedo
Colaborador Artístico: André Liberato
Figurino: Lavinia Bizzotto e Flávio Sousa
Desenho Original de Luz: Emmanuel Queiroz
Direção Musical, Fotos e Vídeos: Alexandre Maïa
Participação Especial na trilha/voz: Daniela Moraes
Professor de dança contemporânea: Felipe Padilha

Crédito da foto: Flaviana Benjamin

Serviço

Mulheres em cena
“Dança para Camille”, duo de Vanessa Macedo com Maitê Molnar
“A Pequena Morte”, de Lavínia Bizzotto.
Dias 2, 3 e 4 de novembro de 2018
Sexta e sábado, às 21h; domingo, às 19h
Local: Kasulo Espaço de Cultura e Arte
R. Souza Lima, 300, sobreloja, Barra Funda, São Paulo – SP
Ingressos: R$ 20,00 (inteira), R$ 10,00 (meia)
Vendas on-line: Eventbrite
Classificação: 14 anos.
Duração: 60 min.

Deixe uma resposta