Balé Teatro Guaíra estreia espetáculo internacional em Curitiba

Por meio de um acordo de cooperação em intercâmbio artístico-cultural, em 2016 a Associação de Bailarinos e Apoiadores do Balé Teatro Guaíra, a ABABTG, recebeu em Curitiba três renomados coreógrafos atuantes na Alemanha. Os profissionais vieram à capital paranaense aceitando o desafio de coreografar um novo espetáculo em parceria com o BTG. O trabalho foi tão bem-sucedido que resultou no espetáculo inédito “Balé Teatro Guaíra dança Wachter, Winkler e Scafati” e abriu as portas para a companhia sair em turnê inédita por cidades alemãs. Antes da temporada internacional, porém, a montagem terá estreia em Curitiba, nos dias 7 e 8 de novembro.

Os coreógrafos Christoph Winkler, Katja Wachter e Roberto Scafati – participantes do Internationales Solo-Tanz-Theater, evento de vanguarda realizado anualmente em Stuttgart – são os responsáveis pelo trabalho com estreia prevista no Guairão. Foi em julho de 2016, em um intenso ritmo de pesquisa e composição coreográfica junto aos bailarinos do BTG, que os artistas vieram ao Brasil e propuseram três coreografias contemporâneas para compor esse espetáculo inovador.

O espetáculo faz parte do projeto BTG X Alemanha, realizado graças à parceria da ABABTG com o Centro Cultural Teatro Guaíra – CCTG, o Internationales Solo-Tanz-Theater e a Solo Connection – e tem ainda o Hospital Pequeno Príncipe como instituição beneficiada. “O intercâmbio de artistas de diferentes nacionalidades é um sonho da ABABTG desde a sua fundação, há exatos 10 anos. O Projeto BTG X Alemanha veio tornar este sonho realidade por meio das parcerias firmadas. É uma ação que servirá de modelo para novas iniciativas de cooperação nacionais e internacionais”, declara Simone Bönisch, diretora da ABABTG e coordenadora do projeto BTG X Alemanha ao lado do também coordenador Jorge Schneider.

Após a estreia em Curitiba, o espetáculo “Balé Teatro Guaíra dança Wachter, Winkler e Scafati” segue em turnê internacional entre os dias 26 de novembro e 13 de dezembro com 11 apresentações em nove cidades da Alemanha.

Sinopse das coreografias

Por Christoph Winkler: “lost my choreographer on the way to the dressing room”

Essa coreografia trata das recentes mudanças na relação entre coreógrafos e dançarinos com o advento das formas de trabalho participativo e a emancipação geral dos dançarinos dentro da dança contemporânea. Ao criar um “coletivo temporário”, Winkler tenta encontrar uma resposta para a pergunta: como podemos dançar juntos? A coreografia problematiza essa questão e lida diretamente com todas as expectativas, mal-entendidos e diferenças culturais que partem do encontro entre coreógrafo e bailarinos.

Por Katja Wachter: “I share”

Essa coreografia faz uma reflexão sobre a dimensão que o termo “compartilhamento” ganhou diante do mundo virtual contemporâneo onde, na intenção de obter cada vez mais cliques e seguidores, tudo é intensamente compartilhado – mais como um hábito narcótico e compulsivo do que como um ato altruista. Nesta montagem, dança-se e questiona-se essa auto promoção infinita que divide o homem em múltiplas identidades e que, por vezes, sacrifica a conversação pessoal e íntima em prol da mera conexão virtual. Coloca-se em cena a problematização: “eu compartilho, logo, existo”.

Por Roberto Scafati: “CHARME”

Aborda-se o “charme” nesta coreografia como uma atração espontânea, um poder mágico de atração, um presente precioso para dar e receber. Mais do que um vislumbre ou um sorriso, tem-se o charme como uma inteligência emocional que supera barreiras, uma competência pertencente não apenas aos seres humanos. A coreografia de Scafati vai além, inspirando-se em uma possível atração entre flores e pedras, fogo e água, sol e gelo e tantos outros fenômenos da natureza. Expressa que o charme pode estar em todos os lugares se alguém estiver sensível para percebê-lo e ser atraído por ele.

Sobre o Balé Teatro Guaíra

O Balé Teatro Guaíra (BTG) foi criado pelo Governo do Estado do Paraná em 1969 e se tornou uma das mais importantes companhias de dança oficiais do Brasil. Durante o seu percurso, o BTG realizou mais de 140 coreografias acumulando um importante repertório de representatividade histórica e obras consagradas. Atualmente, a Cia desenvolve o seu trabalho focada na diversidade da dança contemporânea com propostas ousadas e autênticas, mas sem perder de vista a tradição. Entre as suas obras mais emblemáticas, estão: “A Sagração da Primavera” (2012 – de Igor Stravinsky e coreografia da portuguesa Olga Roriz), “Predicativo do Sujeito” (2013 –de Alex Soares ao som do Bolero de Ravel), “Cinderela” (2014 – criada com exclusividade para os 45 anos da Cia pelo espanhol Gustavo Ramirez Sansano), “Orikis e Trânsito” (2015 – da baiana Ana Vitória) e “Romeu e Julieta” (coreografia de Luiz Fernando Bongiovanni, música de Prokofiev). O BTG ainda valoriza projetos de acessibilidade à dança e formação de plateia. É neste sentido que a Cia contribui com o fortalecimento e perpetuação dos bens culturais paranaenses e brasileiros, estabelecendo um diálogo com a contemporaneidade e preservando a sua história.

http://www.teatroguaira.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=2

Sobre a ABABTG

Fundada em 2007, a Associação de Bailarinos e Apoiadores do Balé Teatro Guaíra surgiu para fortalecer a dança e demais artes motivando uma ligação sinérgica entre os setores público e privado. Para tanto, tem desenvolvido projetos culturais que promovam ações de formação, atualização, divulgação e fomento da dança, em suas diversas linguagens. A formação de público e o apoio à gestão de carreira de seus associados bailarinos, ex-bailarinos e apoiadores do Balé Teatro Guaíra também estão entre os compromissos da ABABTG. Formalizada como uma agremiação artística e cultural de caráter civil e personalidade jurídica e recentemente qualificada como Organização Social, a Associação tem demonstrado uma atividade intensa desde a sua fundação. Entre os seus principais eventos está a Mostra Paranaense de Dança, realizada anualmente em diferentes cidades do Estado para incentivar e valorizar bailarinos e grupos amadores e promover apresentações profissionais a preços populares.

www.ababtg.org.br/mostra | https://www.facebook.com/ababtgoficial/

Crédito da foto: Cayo Vieira

Serviço – Estreia Brasil

Balé Teatro Guaíra dança Wachter, Winkler e Scafati
Dias 07 e 08 de novembro de 2017
Terça e Quarta, às 20h30
Local: Teatro Guaíra – Auditório Bento Munhoz da Rocha Netto (Guairão)
Rua Conselheiro Laurindo, s/nº – Centro – Curitiba/PR
Ingressos: R$ 20,00
Vendas: DiskIngressos e na bilheteria do teatro
Mais informações: www.facebook.com/ababtgoficial

Coprodução: ABABTG – Associação de Bailarinos e Apoiadores do Balé Teatro Guaíra, CCTG – Centro Cultural Teatro Guaíra, Internationales Solo-Tanz-Theater e Solo Connection.

Serviço – Turnê pela Alemanha

Cidade: Karlsruhe.
Data: 28/11. Local: TANZ KARLSRUHE-Staatstheater Kleines Haus

Cidade: Stuttgart.
Data: 29/11. Local: TREFFPUNKT Rotebühlplatz

Cidade: Regensburg
Data: 01/12. Local: Regensburger Tanztage

Cidade: Ulm
Data: 02/12. Local: Theater Ulm

Cidade: Lindau
Data: 03/12. Local: Theater Lindau

Cidade: München
Data: 5 e 6/12. Local: Schwere Reiter

Cidade: Braunschweig
Data: 08/12. Local: Staatstheater Kleines Haus

Cidade: Heidelberg
Data: 10/12. Local: HebelHalle

Cidade: Augsburg
Data: 11 e 12/12. Local: BrechtBühne – Stadtheater

Deixe uma resposta